Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



calendário

Setembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930




Pesquisar

 


Grande argolada

Terça-feira, 05.09.17

Ontem meti o pé na argola, forte e feio. Fiquei mesmo incomodada com o sucedido. Espero que ninguém se ofenda com o que eu vou contar porque foi mesmo, mesmo sem intenção. Vou tentar explicar. Eu gabo-me de ser uma pessoa tolerante e respeitadora do direito que as pessoas têm de ser diferentes seja no que diz respeito a convicções políticas, religiosas, clubistícas ou orientação sexual. No entanto, uso, frequentemente, uma palavra que pode ser considerada ofensiva que é "mariquices" em frases como "deixa-te de mariquices" ou "não precisa de ter essas mariquices todas". Estão a ver o que quero dizer? 

Então ontem estava a comprar algum material para enfeitar o meu travel book. Quem me estava a atender era um rapaz que eu sei (com uma certeza de 99%) que é homossexual. Então não é que eu digo para o rapaz "não precisa de ter essas mariquices". Ele ficou calado durante uns segundos e eu, quando caí em mim, fiquei para morrer. Fiz-me de parva e continuei a falar. Mas fiquei tão aflita. Daqui para a frente vou fazer o propósito de não usar essa expressão. Nem que tenha que morder a língua.

Agora venha de lá a pancada virtual porque eu mereço. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Charneca em flor às 14:53

5 comentários

De Mula a 05.09.2017 às 15:14

Pois compreendo o que dizes e eu cometo esse erro tantas e tantas vezes. Uso como substituição ao termo "peneiras" ou seja, manias... E não tem qualquer conotação sexual, ou de humilhação ou o que seja... Mas compreendo que possa por vezes ser mal interpretada...

De Margarida a 05.09.2017 às 16:28

Eu também me saiu com umas dessas volta não volta. Depois maldigo a minha boca que deixa sair tudo sem pensar durante dias.
Margarida

De T. a 05.09.2017 às 16:44

Ohhh acontece-me tanta vez...a boca fala primeiro do que o cérebro pensa!!!!!
"Tas perdoada", LOLOLOLOLOLOL

De Joana Marques a 05.09.2017 às 16:46

Passo a vida a fazer o mesmo.
Quem me conhece não leva a mal. Quem não me conhece....

De Happy a 05.09.2017 às 17:17

Eu uso muito essa expressão e não tem a ver com ofensas, é mesmo uma daquelas expressões que perdurou no tempo e não tem a intenção de ofender ninguém. Mas entendo que tenhas ficado super enrascada...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Comentários recentes