Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



calendário

Junho 2017

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930




Pesquisar

 


Juntos somos mais fortes

Quarta-feira, 28.06.17

1024.jpg

 

Ontem à noite decorreu este grandioso concerto solidário. Pela primeira vez, todas as estações de televisão, todas as rádios, 25 artistas e muitos técnicos juntaram-se para levar a cabo um espectáculo de mais de 4 horas. O concerto organizou-se em pouco mais de 1 semana. O Meo Arena esgotou. Acho admirável que se conseguisse juntar 25 artistas num único palco. Por uma noite esqueceram-se as rivalidades e a concorrência por uma causa. Infelizmente aquilo que desencadeou todo este movimento foi um dos acontecimentos mais negros e tristes da nossa história. Mas os portugueses provaram que não é só o futebol que move multidões. A solidariedade também pode mover multidões como se viu não só neste evento mas também nos donativos que chegaram aos concelhos afectados desde o dia 17 de Junho. 

Com os bilhetes vendidos às 14 000 pessoas que assistiram ao espectáculo, os bilhetes solidários (que não davam direito a assistir ao espectáculo) e com os telefonemas conseguiu-se angariar 978 000€. É mesmo impressionante.

No entanto, as populações afectadas vão precisar de muito mais, infelizmente. As corporações de bombeiros de todo o país vão precisar sempre de ajuda, agora na época dos incêndios mas durante todo o ano. Por isso lanço o desafio: em vez de publicar imagens de agradecimento aos bombeiros, procurem os bombeiros da vossa área de residência e façam-se sócios. Vão ver que custa muito pouco.

E que a magia da música dê uma nova esperança aquelas populações que já sofreram tanto.

Este foi o final apoteótico

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Charneca em flor às 07:02

1 comentário

De Gaffe a 28.06.2017 às 09:30

Não sei se foi apoteótico.

A tirada grosseira de Salvador Sobral "vocês aplaudem tudo o que eu faço. Vou dar um peido para ver o que acontece", foi de uma arrogância, de uma grosseria, de um desrespeito pelas14.000 pessoas (não conto com os que estavam em casa) que o acarinhavam e gostam genuinamente do mocinho, que provocaram a nódoa que se evitaria se o rapazinho fosse ligeiramente parecido com os grandes músicos que diz que admira.
O rapazinho é demasiado mimado e um idiota presunçoso. Canta maravilhosamente, mas devia ter mais cuidado com as demonstrações de pedantismo que vai disfarçando com um desleixo giro e uma descontracção superior.

Valeu, esperemos que sim, a solidariedade demonstrada. Esperemos agora que chegue aos destinatários.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Comentários recentes