Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

26
Set16

Aventura nórdica capítulo 3

Charneca em flor

Capítulo 1 e 2

 

Hoje faz 1 mês que regressei da minha viagem de férias. Hoje apeteceu-me escrever mais um capítulo desta aventura. 

A aventura começou  em Oslo e logo com uma peripécia. Demos voltas e voltas para encontrar o hotel quando era tão fácil de achar. Era pertíssimo do metro de Toyen mas bastou uma opção errada para andarmos às voltas. Bom mas lá demos com o hotel. Vim a verificar que o quarto tinha uma armadilha. Era nas águas-furtadas e as camas estavam posicionadas assim

DSC06275.JPG

 

Não tem conta as vezes que bati com a cabeça no tecto inclinado. O A. não bateu lá 1 única vez e tem mais 18 cm do que eu. Como é que é possível?!

A zona onde situava o hotel parecia calma mas para se chegar ao centro a pé tinha que se atravessar um bairro muito peculiar e também um pouco assustador. Senti-me em Marrocos outra vez tal era a quantidade de muçulmanos. Era um bairro predominantemente árabe a ponto de haver 2 mesquitas. Claro que ninguém me incomodou. Nem devem ter reparado em mim.

Em Oslo encontram-se muitas e curiosas esculturas como este barco

DSC06290.JPG

 

A arquitectura moderna também tem lugar como se pode exemplicar pelo magnífico edifício da Ópera e pelos prédios que existem na proximidade

 

DSC06283.JPG

 

Mas o que mais nos surpreendeu foi a praia de Oslo que é muito perto do centro de Oslo. Os noruegueses pareciam apreciar muito este recanto. Alguns faziam piqueniques mas muitos mergulhavam naquela água do Fiorde de Oslo.

DSC06304.JPG

 

Há que saber aproveitar aquilo que a vida nos dá. 

E ficamos por aqui.

Não deixem de descobrir mais imagens por aqui.

25
Set16

Para os braços do Brad

Charneca em flor

Segundo esta notícia do jornal online Dinheiro Vivo, as marcas já começam a aproveitar o mediatismo do divórcio do ano em Hollywood. O fim do Brangelina inspirou este anúncio brilhante da Norwegian Airlines

Voo_brad.jpg

A mensagem é simples e concisa " Brad está solteiro" e pretende promover os voos para Los Angeles. Não sei se as norueguesas vão a correr enfiar-se no primeiro avião para Los Angeles mas o anúncio tem piada. Do anúncio consta o preço da viagem, cerca de 130 €, só de ida como seria de esperar. Quem for à procura do Brad não faz intenção de voltar(!).

18
Set16

Constatação de domingo

Charneca em flor

Beber 2 copos de vinho rosé frisante ao almoço a seguir a uma noite de serviço em que se dormiu, no máximo dos máximos, 2 horas não é boa idéia. Mas eu já devia desconfiar. Pelo menos, vou dormir uma bela sesta. Bom domingo. Mantenham-se sóbrios

14
Set16

De volta ao Postcrossing

Charneca em flor

Depois de algum tempo sem a utilizar, decidi reactivar a minha conta do Postcrossing. O Postcrossing é um projecto criado por um português com a intenção de fomentar a utilização do correio tradicional. Postcrossing consiste em enviar e receber postais de todo o mundo. Os destinatários são seleccionados aleatoriamente pelo site. Ir à caixa do correio passou a ser uma surpresa. Em vez de encontrar apenas contas para pagar ou publicidade podemos receber 1 pedaço de uma terra distante, se calhar até de países que não sabíamos que existia. Segundo o site já recebi 250 postais. O país de onde recebi mais foi a Holanda e os países mais improváveis foram a Coreia do Sul ou a Indonésia.  Receber postais de países distantes é uma maneira de viajar sem sair de casa, só é preciso abrir a caixa do correio. 

O projecto existe desde Julho de 2005, tem mais de 600000 inscritos e já foram enviados mais de 37 milhões de postais. Eu estou inscrita há mais de 4 anos. Em baixo está o mapa em que se simula as viagens dos meus postais.

Screenshot_2016-09-13-00-14-41-1.png

 

 

09
Set16

Follow Friday com... Chic'Ana

Charneca em flor

 

eacabbdb9ea468e6febe53fe5ad0746d.bin

Hoje é sexta-feira. Para além de significar que o fim-de-semana está à porta também quer dizer que é dia de Follow Friday. Hoje vou destacar a Chic'Ana. Vale a pena seguir este blogue porque a Chic'Ana tem sempre histórias divertidas para contar. E conta-as muito bem. Identifico-me muito com as peripécias dela e fico cheia de inveja porque não consigo contar as minhas próprias peripécias com tanta mestria. Ora vão lá verificar e fiquei com um sorriso nos lábios porque ela promete One smile a day

08
Set16

Coisas aborrecidas

Charneca em flor

Há 2 coisas que não gosto mesmo nada de fazer. Acho que são o reverso da medalha. Coloco-as ao mesmo nível de detestável. Desfazer as malas depois de 1 viagem e retirar a maquilhagem à noite.

Adoro fazer a mala porque estou na expectativa do que vou ver de novo, dos sítios que vou conhecer. Desfazer a mala é que uma chatice. Nesta última viagem, desfiz assim que pude e o mais rapidamente possível para me livrar daquilo. O pior foi que a roupa foi todinha para lavar porque, como tinha chovido, havia muitas peças húmidas e não fui de modas, tudo para a máquina(dividido em 2 ou 3 cargas). 

limpeza-de-pele-em-casa-vsd-istock-getty-images-63

 

Em relação à maquilhagem, eu gosto de usar. Sinto-me favorecida porque disfarça as manchas, as imperfeições e as olheiras. Desde que acabei as férias, tenho-me esforçado por me maquilhar todos os dias. Com alguma gestão do tempo lá se consegue. O que me chateia é limpar à noite. Acho uma tarefa mesmo aborrecida. Começo a pensar:"mas para que é que tive tanto trabalho de manhã a pôr para agora ainda ter mais trabalho a tirar????". Obviamente, que eu sei que é importantíssimo limpar bem a pele quer haja maquilhagem ou não mas dá-me cá uma preguiça...

E vocês, o que acham?

07
Set16

Menos 2 copos no armário

Charneca em flor

cacos.jpg

 

 

Encontrei uma maneira de ter menos trabalho a lavar a loiça. Ainda ontem lavei menos 2 copos. Deixei-os cair e partiram-se. Já perdi a conta de coisas que parti este ano. Um dia é um copo, outro dia é um frasco, depois é uma taça ou uma saladeira. Sempre fui desastrada e tive tendência para partir coisas mas, ultimamente, tem sido demais. Obviamente que acontece mais quando faço tudo à pressa ou tento transportar muitas coisas ao mesmo tempo.

Qualquer dia tenho que fazer uma visita àquela cadeia sueca que tem tatarecos para a casa porque acaba o stock de loiça cá de casa (e havia muita coisa cá em casa).

06
Set16

Aventura nórdica capítulo 2

Charneca em flor

A aventura começou aqui

DSC06421.JPG

 Fortaleza de Akershus, Oslo

 

Nesta minha tentativa de descrever a minha viagem de Verão, hoje vou falar das pessoas. São as pessoas que constroem um país. A ideia pré-concebida que nós, europeus do sul, fazemos das sociedades nórdicas é que são países com uma qualidade de vida muito superior à nossa. Em parte, verifiquei que essa premissa é verdadeira. Isso nota-se, por exemplo, na quantidade de jovens e crianças que se vêem. As políticas de estímulo à natalidade são mesmo eficazes. A maioria dos casais tinham mais do que 1 filho. Outra coisa que se nota, principalmente nas cidades, é uma muito menor utilização do automóvel. Nas grandes cidades viam-se poucos carros em comparação com Lisboa. Os nórdicos preferem utilizar os transportes públicos e, claro, a bicicleta. Muitos utilizam a bicicleta no seu quotidiano inclusivé para transportar as crianças. Em Oslo encontrámos muitos sítios destes

DSC06457.JPG

 Oslo

 

A princípio ficámos intrigados porque viamos as pessoas chegarem e pegarem na bicicleta sem pagarem nada (aparentemente). Viamos outras chegarem e largarem a bicicleta e irem à vidinha deles. Numa das vezes em que descansavamos perto destas bicicletas é que percebemos, em conversa com um jovem, que as bicicletas eram alugadas através de uma app do smartphone mediante um pagamento anual que até nem era muito caro.  Ou seja, nem precisam de se preocupar em comprar uma bicicleta. Daqui resulta que a qualidade do ar é muito melhor do que nas nossas cidades.

Outra ilusão que eu acalentava é que toda a gente vivia bem por isso era inconcebível que houvessem mendigos ou sem-abrigo. Ingenuidade minha, obviamente que estes países não estão imunes à pobreza. Também se viam muitos mendigos.

Outra ideia errada que eu tinha era que as pessoas não eram calorosas. Não me podia ter enganado mais. Achei as pessoas muito simpáticas. Sempre que se apercebiam que estavamos em apuros (aconteceu algumas vezes) logo davam indicações ou ofereciam ajuda. Uma pessoa sentia-se compelida a agir do mesmo modo. Isso ficou bem patente no episódio do autocarro Larvik - Oslo que merece um capítulo inteiro.

Um factor importante é que quase toda a gente fala fluentemente o inglês o que facilita muito o relacionamento com os estrangeiros.

Hoje fico por aqui. 

Não se esqueçam de espreitar as fotos aqui

 

 

05
Set16

Santa Teresa de Calcutá

Charneca em flor

 

images.jpeg

 

Hoje fazem 19 anos que a (agora Santa) Madre Teresa de Calcutá partiu para junto de Deus. Ontem o Papa Francisco proclamou a fórmula de canonização da fundadora das Missionárias da Caridade perante milhares de devotos reunido na Praça de São Pedro. Para alguém ser canonizado é necessário que lhe sejam atribuídos milagres. Por exemplo, doentes que se  curam de maneira inexplicável, em que a única explicação seja a intervenção divina. Neste caso são atribuídos 2 milagres a Madre Teresa de Calcutá. Para mim, que acredito em Deus e que já fiz intenso trabalho paroquial, mais do que os milagres que são atribuídos a alguém depois da sua morte, é mais importante a história de vida daquela pessoa que se tornou santo. Mais do que Madre Teresa de Calcutá fez depois de morrer é preponderante o que fez enquanto foi viva. O que me importa é olhar para o exemplo de Madre Teresa de Calcutá e perguntar o que é que eu posso aprender com isso. Esta mulher pequenina desenvolveu a sua acção na Índia. Nessa sociedade dividica em castas, ela aproximou-se daqueles que estavam no degrau mais baixo da sociedade, Quantos de nós, cristãos ou não, seríamos capazes de fazer o mesmo?! Ter Madre Teresa de Calcutá num altar é muto mais do que ter alguém a quem pedir intersecção divina, é ter alguém que nos mostrou, em vida, o que é ver o rosto de Cristo nos pequeninos, nos doentes, nos miseráveis. Bem-aventurada sejas Santa Teresa de Calcutá!

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Desafio

Desafio

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Blogs de Portugal