Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

07
Dez16

Marisco invulgar

Charneca em flor

s.jpg

O que vou relatar se passou há uns anos, mais de 10 anos. Era 25 de Dezembro. Nessa altura, o meu dia de Natal era passado no Alentejo, na casa da minha avó, regressando ao fim do dia. Naquele ano estava com a minha mãe e com o ex (adiante também mencionado por o "falecido"). Nenhum de nós estava com vontade de fazer jantar e resolvemos ir a um restaurante da nossa terra. Não era um dos meus favoritos mas também não havia muitos opções disponíveis. 

Não me recordo do que eu e a minha mãe comemos. Só me lembro que o "falecido" escolheu açorda de marisco. É pitéu que eu não aprecio  mas o "falecido" gostava muito.

Logo nas primeiras garfadas, o ex encontra algo no prato que parecia ser uma ameijoa. Quando tenta tirar o molusco, percebe que era outra coisa. A açorda tinha um marisco muito invulgar, uma carica. Isso mesmo, uma carica. E estava misturada com a açorda donde se depreende que tinha vindo da cozinha. O chef terá tido uma sede repentina, talvez?

Discretamente, chamámos o empregado de mesa para lhe mostrar o achado. Obviamente, ficou perturbado, desfez-se em desculpas e prontificou-se a trazer outro prato. É claro que o "falecido" já não arriscou na açorda. O caso podia ter ficado por aí.

O que torna ainda mais interessante é que o dono e gerente do estabelecimento estava presente. Ele percebeu o que se tinha passado. 

O que é que vocês fariam no lugar dele? Eu digo o que faria. Dirigia-me aos clientes para reafirmar os pedidos  de desculpas e oferecia qualquer tipo de compensação pelo incómodo, como por exemplo, oferecia os cafés ou uma garrafa de vinho por conta de casa. Pelo menos, assumia o erro perante os clientes e tentava, apesar de tudo, salvar a imagem do restaurante.

O dono do local fez o quê? Nada, nem se mexeu do sítio onde estava.

E, no fim, pagámos tudo excepto a açorda. Também era só o que faltava. 

 

Esta é a minha participação no desafio do Blogs do Sapo. Ainda vão a tempo de participar.

05
Dez16

Ai, ai que me doi tudo

Charneca em flor

Hoje tive uma formação o que me levou a Lisboa. E é sempre um prazer dar uma voltinha pela nossa capital. Até já me consigo abstrair das hordas de turistas (e dos horríveis tuktuk). O A. teve a ideia de nos organizarmos para eu não ter que levar o carro. Óptima ideia com as obras que invadiram a cidade. Como fui de metro até ao centro de Lisboa, cheguei cedo. E fui para esta Padaria fazer tempo.

20161205_084006

 

Não sou grande fã deste conceito mas tem uns sofás muito acolhedores.

A formação incluia almoço volante o que deu tempo de ir apanhar ar e sol para o Miradouro de Santa Catarina. Tirei esta foto à margem sul

20161205_132451

 

Não pude tirar mais fotos porque tinha a bateria a acabar.

É tudo muito bonito mas, quando vou a formações, tenho a mania de ir de saltos altos. Agora estou aqui toda partida porque me fartei de andar a pé, incluindo descer desde o Miradouro de Santa Catarina até ao Cais do Sodré. Equilibrar-me deu luta. Nem sei o que é que me doi mais, se os joelhos, se os pés, se as costas. Tenho uma inveja tremenda de quem consegue andar de saltos, com elegância, na calçada portuguesa.

 

04
Dez16

Desafio da Alimentação

Charneca em flor

A Marta Elle fez-me este desafio da alimentação. É muito difícil responder a estas perguntas porque se há coisa que eu adoro é comer. Mas vou tentar...

 

1. O que costumas comer no dia a dia?

Tento, tanto quanto possível, fazer uma alimentação equilibrada alternando as proteínas entre peixe, carne e ovos. Nunca saio de casa sem pequeno-almoço e levo, quase todos os dias, o almoço de casa.

 

2. Preferes doce ou salgado?

Sempre fui MUITO gulosa por doces mas também não digo que não a um prato salgado.

 

3. E quanto a dieta, preocupas-te com isso ou comes sem pensar no amanhã?

Não tanto como deveria. Sinto sempre alguma culpa quando como produtos fumados como enchidos, por exemplo. Tenho história familiar de doença tumoral.

 

4. Qual é a tua comida e sobremesa favorita?

Outra pergunta difícil. Peixe grelhado nunca digo que não mas no Inverno talvez se possa dizer que é um belo cozido à portuguesa (lá está o problema dos enchidos). Sobremesa fico indecisa entre tudo o que tem chocolate e leite-creme queimado. Adoro a combinação da cremosidade com aquela película crocante.

 

5. O que é que odeias comer, mas comes porque precisas? O

que odeia mesmo comer é cabidela mas também não faz falta nenhuma. De resto, gosto praticamente de tudo mesmo quinoa ;).

 

6. Quanto pesas? Querias pesar mais ou menos?

Estás satisfeita com o teu peso? Não tenho a certeza mas devo andar pelos 72/73 kg com 1,68m. Gostaria de pesar menos, ou melhor, gostaria de ter menos barriga. O problema é que fui muito magra durante muito tempo (até aos 30 e poucos anos) e continuo com mente de magra mesmo quando estou na tangente entre normal e excesso de peso.

 

7. Qual a fruta favorita? Figos, sou capaz de comer até à exaustão.

 

8. Comes ou gostas de verduras e legumes?

Adoro. Como sopa praticamente todos os dias. Faço muita vez legumes salteados como acompanhamento ou saladas.

 

9. Quantas refeições fazes diariamente?

3 ou 4. Sei que devia fazer mais mas, às vezes, não tenho tempo. Especialmente nesta altura do ano em que o trabalho da farmácia aumenta. O resultado é comer demais nas poucas refeições que faço.

 

10. O que gostarias de comer, mas o teu consciente não permite?

O que eu gostaria de comer mais mas tenho que fazer um esforço para evitar é chocolate, chocolate e mais chocolate.

 

Desafio a m-M e a Mula

 

 

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Blogs de Portugal