Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

20
Jan19

Foto da semana 3/52

Charneca em flor

IMG_20190115_164642.jpg

Esta foi uma semana com poucas fotos mas com 2 aniversários. Esta imagem reverte para o aniversário da patroazinha. Ela nem gosta muito de fazer anos mas nós fazemos sempre uma festa , modesta mas ainda assim uma festa. Este ano até teve direito a 2 bolos, quer dizer um foi feito por ela. Em primeiro plano, estão uns excelentes caracóis de canela feitos pela aniversariante que eram enriquecidos com um molho de mascarpone (vêem-se 2 versões porque 1 delas é isenta de lactose). Por coincidência, nesse dia recebemos a visita de um delegado comercial que lhe trouxe um bolo de chocolate com velas e tudo. É claro que tivemos que lhe cantar os parabéns. 

Resumindo, foram só facadas na dieta.

17
Jan19

Para a minha avó Maria

Charneca em flor

Olá avó 

De todos os dias que podias escolher para nos deixares, escolheste o dia 17 de Janeiro. Há 10 anos partiste no dia de aniversário da tua filha, a minha mãe. Libertá-la da dor de te ver sofrer foi o presente que encontraste. Eu comprando, acredita, avó, eu compreendo mas tenho tantas saudades tuas. Sei que assim é a lei da vida mas sempre tive a secreta esperança de que fosses eterna. Todos os abraços, beijos, gargalhadas ou lágrimas que partilhámos, ao longo de quase 35 anos, estão guardados no meu coração. Tive a imensa responsabilidade de ser a tua única neta apesar de teres tido 3 filhos. Espero ter correspondido às tuas expectativas. Tu foste a melhor avó do mundo. Afinal, foste a única que conheci . Os últimos meses da tua vida foram muito duros mas eu preferia ter continuado a cuidar de ti só para poder ver outra vez os teus maravilhosos olhos azuis. 

Tenho tanta pena de não ter aproveitado melhor os momentos que passámos juntas. Podias ter-me ensinado os teus segredos, a sopa de cação, as filhozes, as azevias, o bolo de mel. Achei sempre que havia tempo mas um dia o tempo chega ao fim.

Vela por mim aí no céu. Espero que tenhas encontrado o teu genro, que amavas como um filho. Imagino-vos juntos a olharem por mim.

Beijinhos

A tua neta preferida .

 

16
Jan19

A Ode da polémica

Charneca em flor

Esta semana, a Porto Editora viu-se metida numa nova polémica.

Já em 2017, a editora tinha sido criticada porque lançou 2 livros de actividades diferentes, um para meninos e outro para meninas. Só se prova que viam  mais além. A nova Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, do Brasil, também diz que "menino veste azul e menina veste rosa". Se calhar era consultora da Porto Editora naquela altura.

674229.png

 

Mas adiante. Agora o problema é com um manual de português para o 12o ano. Ao que parece, Fernando Pessoa e os seus heterónimos fazem parte do programa. Os autores do livro escolheram o poema "Ode Triunfal" do heterónimo Álvaro de Campos mas, no livro do aluno, omitiram 3 versos. A situação foi denunciada depois de alguns estudantes terem ouvido a versão áudio. Os versos omitidos, ou censurados, utilizam linguagem considerada obscena e relacionada com pedofilia:

Ó automóveis apinhados de pândegos e de putas; 

E cujas filhas aos oito anos - e eu acho isto belo e amo-o! 

Masturbam homens de aspecto decente nos vãos de escada.

A justificação da Porto Editora é que omitiu os versos nos livros dos alunos porque aquelas frases poderiam perturbar e distrair os alunos. Assim o livro do professor tem o poema na íntegra. No entender dos autores e dos editores seria opção do professor abordar, ou não, estes versos consoante a turma.

Hoje falámos sobre isto lá na farmácia e a minha patroa estava muito chocada com os versos relacionados com pedofilia. 

Ó minha gente! Este poema foi escrito há mais de 100 anos. Repito, há mais de 100 anos. Os ditos versos podem-se justificar pelo contexto sócio-cultural da época em que foi escrito. Não podemos olhar para um poema publicado no início do séc. XX com os olhos do séc. XXI. As circunstâncias de então são muito diferentes das actuais  circunstâncias. Aliás, este poema é conhecido exactamente por ser um poema que choca com os cânones quer a nível da linguagem quer a nível do estilo. Uma verdadeira inovação na altura em que foi publicado originalmente, na revista Orpheu em Março de 1915. E, convenhamos, é tão extenso que o mais natural é que os alunos nem dessem por esses versos. 

O programa de português de 12o ano aconselha a escolher 3 poemas do heterónimo Álvaro de Campos mas não especifica quais. Se era para "trucidar" a obra, ao menos escolhiam outro poema. E evitava-se esta polémica.

P. S - Um homem em cuja cabeça viviam tantos outros homens tinha um certo nível de perturbação psiquiátrica, não acham?! Por isso mesmo é que era um génio. Um dos maiores poetas portugueses, muito mais apreciado fora de Portugal do que aqui neste nosso rectângulo. Típico. 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Links

Vale a pena espreitar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

Blogs de Portugal

Em destaque no SAPO Blogs
pub