Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

31
Ago19

Vale tudo para ter um corpo perfeito?

Charneca em flor

Na última semana, o estado de saúde do actor Ângelo Rodrigues tem estado, quase em permanência, na comunicação social. Ao que tudo indica, o actor fez infiltrações de testosterona nos músculos por razões estéticas. Esta intervenção, sem indicação médica, provocou-lhe uma infecção gravíssima, problemas renais e já teve que ser sujeito a várias operações. Está em coma induzido e o prognóstico é muito, muito reservado.

img_920x518$2019_08_29_09_25_31_1594381.jpg

E, de repente, parece que toda a gente acordou para esta realidade. Acontece que a utilização de testosterona, bem como outras substâncias anabolizantes, por razões estéticas e desportivas tem aumentado nos últimos anos. A finalidade é aumentar a massa muscular mas, obviamente, a maioria das pessoas que utilizam estas substâncias não são acompanhadas pelo médico porque a testosterona não deve ser utilizada com este fim já que o risco para a saúde é muito elevado.

Até o Infarmed descobriu, agora, a utilização ilícita destas substâncias. Surgiu, hoje, a notícia de que o Infarmed solicitou o auxílio da Polícia Judiciária para averiguar potenciais desvios dos medicamentos com testosterona do circuito legal do medicamento para mercados paralelos. Ou seja, só agora, por se ter atingido uma pessoa conhecida, é que o Infarmed descobriu este problema?!

Também ouvi uma notícia de que há uma entidade, não me recordo qual, a preparar uma campanha publicitária para alertar para os perigos da utilização ilícita de testosterona e outras substâncias.

Será tudo coincidência?! Ou o país só avança a reboque das notícias mais mediáticas?

29
Ago19

Comida de praia ao longo dos anos

Charneca em flor

Quando era miúda, ali pelos anos 80, era habitual irmos para a praia de geleira, grande e bem recheada. E também havia quem levasse 1 garrafão de 5l de vinho tinto. Da geleira podia sair um arroz de frango, uns filetes de pescada, um frango frito, salada de tomate, batatas fritas e ainda 1 melão ou 1 melancia para sobremesa. Obviamente, que depois era preciso esperar 3 horas para fazer a digestão o que era uma grande chatice para as crianças.

As crianças dos anos 80 cresceram e começamos a arranjar outra ementa para a praia. O importante era levar comida leve para ir comendo ao longo do dia e não ter que esperar as tais 3 horas da digestão. Falamos de sanduíches, frutas, sumos e talvez uns iogurtes líquidos. Ia-se comendo 1 sanduíche agora, uns bagos de uva depois e podia-se ir à água frequentemente.

family-beach.jpg

 

Também surgiram os bares de praia com refeições leves como saladas, sandes ou hambúrgueres para os mais esfomeados.

Ontem vi uma cena que me fez sentir mesmo, mesmo ultrapassada qual Velho do Restelo. Foi na Costa de Caparica, nas praias da zona da Praia da Rainha a caminho da Fonte da Telha. Os parques de estacionamento ficam longe da praia e é preciso percorrer um passadiço de madeira para chegar à praia. Qual não é a minha surpresa quando vejo chegar uma mota destas ao início do passadiço

naom_5ac5f9837aa97.jpg

Do lado da praia vinha um jovem a correr para vir buscar o almocinho.

Já não é preciso "matar" a cabeça a pensar no que pôr na lancheira da praia. É que arriscámo-nos a ter uma sanduíche de mortandela e apetecer-nos umas peças de sushi e de sashimi. Agora já é possível. Basta ter um telemóvel com dados suficientes para escolher o almoço que nos apetece comer na toalha da praia. Qualquer dia até dá par mandar vir bolas de berlim.

27
Ago19

Road trip pela Roménia e pela Bulgária

Charneca em flor

A minha viagem de Verão terminou no sábado passado. Foi uma das viagens de que mais gostei, apesar das peripécias habituais. Aliás, como diz uma das minhas colegas, se as minhas viagens não tivessem peripécias nem tinham graça. Levei bastante tempo a organizar o percurso mas, se fosse hoje, já teria feito opções diferentes. 

Quem me segue no Instagram, foi acompanhando algumas etapas da minha road trip mas, para quem não passou por lá, aqui fica um resumo:

DSC00958.JPG

Castelo de Peleş

1o dia - Chegada a Bucareste e Transilvânia. Passagem pelo Castelo de Peleş e Sighişoara 

2o dia - Transilvânia com visita ao Castelo de Bran (também como Castelo do Drácula) e Brasov

3o dia - Viagem até Tulcea, cidade que fica no Delta do Danúbio 

IMG_20190819_142912.jpg

Delta do Danúbio 

4o dia - Passeio de barco pelo Delta do Danúbio 

DSC01329.JPG

Paragem numa pequena aldeia romena ainda na zona do Delta

5o dia - Viagem ao longo da costa do Mar Negro com passagem pelas estâncias balneares de Mamaia, Constanţa, Eforie e Mangalia.

6o dia - Continuação da viagem pela costa, atravessando a fronteira para  a Bulgária. Passagem pela cidade de Varna e chegada a Sveti Vlas, próximo de Sunny Beach.

IMG_20190821_163321.jpg

Olhando o Mar Negro, Sveti Vlas 

7o dia - Visita à zona antiga de Nessbar* e viagem até Plovdiv, considerada a cidade mais antiga da Europa

DSC01454.JPG

Plovdiv, Capital Europeia da Cultura 2019

8o dia - Viagem até Veliko Tarnovo, capital medieval da Bulgária com visita a Damascena, destilaria/museu no Vale das Rosas

DSC01600.JPG

Tsaverets, Veliko Tarnovo 

9o dia - Regresso a Bucareste para apanhar o avião, com paragem em Pyce/Ruse, cidade fronteiriça, e passagem da fronteira Bulgária - Roménia 

DSC01669.JPG

Filmando os jogos de água no centro de Bucareste

Já tinha estado nestes 2 países há 2 anos mas não correu muito bem. Nesta viagem senti-me reconciliada com a Roménia e a Bulgária e comecei a olhar para estes países de maneira diferente.

Num próximo post, vou dar algumas dicas sobre viagens nestes países, incluindo aquilo que podia ter organizado de maneira diferente.

 

*A parte antiga fica num promontório e liga-se à parte nova por uma estreita língua de terra. Em Nessbar encontram-se ruínas da época bizantina.

26
Ago19

Pora Sotunda, The Mystery of Bulgarian Voices ft Lisa Gerrand

Charneca em flor

 

Na semana passada, com o entusiasmo da viagem, esqueci-me que 2a feira era dia de partilhar uma música. Por isso regressamos, hoje, à música. Assim escolhi para este início de semana uma música de um dos países onde estive, a Bulgária. The Mystery of the Bulgarian Voices já existe desde os anos 50 e é um coro feminino com vozes muito peculiares. Já actuaram em Portugal, recentemente. Começaram por ser um coro de música tradicional búlgura mas o seu último álbum mistura a tradição com instrumentos de corda e percussão contando também com a participação de um beatboxing. Nesta música contam também com a participação de Lisa Gerrard, cantora e compositora australiana.

Espero que gostem.

 

25
Ago19

Foto da semana 34/52

Charneca em flor

Olá, olá. Já estou de volta. Vamos ver se este blogue se anima . Para começar, uma foto em biquini . Esta foto foi a imagem mais votada no Instagram durante a semana que passou. Estou na piscina do último hotel em que fiquei hospedada, Park Hotel Asenavtsi na bonita cidade de Veliko Tarnovo, Bulgária. O hotel ficava no meio da vegetação num sítio muito sossegado apesar da proximidade com uma das principais vias para sair da cidade. Espectacular.

IMG_20190825_081335.jpg

 

19
Ago19

Foto da semana 33/52

Charneca em flor

Quando se está de férias nem nos apercebemos em que dia estamos. O que quer dizer que estou 1 dia atrasada com a foto da semana . Então cá vai. Excluindo as fotos do desafio #quenuncanosfaltemsorrisos, a foto com mais ❤ da semana foi esta

20190819_222552.jpg

A minha demorada subida para ver o Castelo de Bran, também conhecido por Castelo do Conde Drácula 🧛‍♂️. 

O que é curioso é, aqui na Roménia, os locais mais turísticos são visitados, maioritariamente, por romenos. Vêem-se alguns espanhóis, italianos, americanos mas muito poucos. A Roménia é um segredo bem guardado.

18
Ago19

Ausente para férias

Charneca em flor

20190817_201439.jpg

Castelo de Bran

ou

Castelo do Conde Drácula, Vlad o Empalador

Tenho andado desaparecida mas é por uma boa causa. Estou em viagem desde o dia 16. Na verdade, a viagem de avião devia ter começado ainda no dia 15 mas o avião atrasou-se mais de 2 horas por isso só saiu de madrugada. Este ano voltei a fazer uma roadtrip a 2 países onde já estive mas onde só tinha conhecido as respectivas capitais, Roménia e Bulgária. Cheguei por Bucareste e já conheci os Castelos de Peleş e Bran, este também conhecido por Castelo do Drácula, e as cidades de Sighişoara e Brasov. Ou seja, andei pela Transilvânia. A parte campestre também é muito bonita especialmente as florestas e as montanhas que se vêem ao longe. Hoje conto ir até à zona do Delta do Danúbio onde, amanhã, farei um passeio.

Tenho partilhado fotos da viagem no meu Instagram. O desafio #quenuncanosfaltemsorrisos também tem continuado por lá.

15
Ago19

Peripécias de mais uma noite de serviço

Charneca em flor

As noites de serviço são sempre inspiradoras. Senão atentem nas peripécias do último "plantão":

Situação 1 - Estaciona um reboque à porta com 2 ocupantes. Um deles toca para ser atendido. 

- Olhe, era a pílula do dia seguinte. - e continua, rindo-se muito - veja lá que tive que vir de reboque comprar isso. 

Devia estar à espera que eu também achasse graça à suposta piada. Porque é que comprar a pílula do dia seguinte é uma coisa engraçada?! Ou uma caixa de preservativos, por exemplo?! São coisas tão normais como uma caixa de aspirinas. Haja paciência.

Situação 2 - Uma receita de um antibiótico para criança cujo frasco apresenta uma capacidade de 70 ml vem com uma posologia de 5 ml de 8 em 8 horas durante 7 dias. Ora fazendo uma conta simples chego à conclusão de que um frasco não é suficiente para o tratamento prescrito uma vez que só chegava para 4 dias completos. Explico à mãe da criança que resolve voltar ao hospital. Quando volta sai-se com esta tirada:

- A Sra tinha razão. A médica passou outra receita com mais um frasco. 

Mas havia dúvidas de que eu tinha razão?!

E, como se isto não fosse já suficiente, às 2h da manhã faltou a luz devido a uma avaria que só ficou resolvida depois das 5h da manhã.

12
Ago19

Reset la inimă, André

Charneca em flor

Dentro de dias, conto viajar até à Roménia para mais uma aventura. Esperemos que haja combustível .  Sendo assim, hoje a música é romena. Esta canção "Reset la inimă" está no top do Spotify na Roménia. O duo André foi muito famoso no início da década passada e é constituído pelas cantoras Andreea Balan e Andreea Antonescu.  Já passaram por várias separações e reuniões. Esta música foi lançada no passado mês de Julho. Reset la inimă quer dizer "faz reset ao coração". Espero que gostem

Boa semana.

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Blogs de Portugal