Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

26
Ago20

Charneca no Algarve

Charneca em flor

As minhas férias têm sido mais caseiras mas tive oportunidade de ir passar um fim-de-semana alargado ao Algarve como já referi ontem. O Algarve nunca foi o meu destino de férias preferencial. Devo confessar que até tenho algum preconceito em relação às pessoas que, ano após ano, não passam sem ir para o Algarve de férias. Afinal, temos uma costa tão grande e praias tão bonitas no Oeste ou no Sudoeste Alentejano. Sempre achei uma grande falta de imaginação daqueles que escolhem sempre o mesmo destino. É claro que há quem refira a água quente e a meteorologia mas não me convencem. Não achei a água assim tão quente. No entanto, há que aproveitar aquilo que a vida nos dá e foi por isso que rumei até sul.

Partimos no dia 20, quinta-feira. A viagem é longa por isso fizemos 2 paragens, Castro Verde, onde almoçamos, e Mértola.

DSC01960.JPG

Igreja de Nossa Senhora da Assunção ou Nossa Senhora de Entrevinhas - Matriz de Mértola

DSC01965.JPG

A casa onde fiquei alojada fica numa pequena aldeia do concelho de Castro Marim. Pequena mas muito acolhedora ainda tem, de bónus, uma pequena piscina bem agradável com o calor que tem estado.

DSC01970.JPG

A vista 

O local era tão calmo que só se ouviam as cigarras, para além das galinhas e das ovelhas dos vizinhos.

DSC02041.JPG

A aldeia fica muito perto de Espanha a ponto de os telemóveis terem ficado baralhados e "pensarem" que estavam em Espanha actualizando o fuso horário. Até eu fiquei baralhada mas também não é preciso muito .

Na 6a feira aproveitámos para ir à Andaluzia. A situação Covid-19 está complicada em Espanha mas achei as pessoas muito cuidadosas. Viam-se poucas pessoas sem máscara (cá em Portugal vêem-se muito menos pessoas com máscara na rua). Mesmo a caminhar na praia, havia pessoas com máscara. 

DSC01994.JPG

Playa de Matalascañas

Situada em pleno Parque Natural de Doñana, Matalascañas é também conhecida pelo nome Torre de Higuera. Este nome vem da torre de defesa que ali existia e cuja ruína se tornou símbolo da praia e da cidade. Conta-se que a Torre de Higuera caiu devido ao maremoto gerado pelo Terramoto de Lisboa em 1755. No entanto, há historiadores que desmentem essa hipótese. 

No dia seguinte ficamos dentro de portas, ou seja, na costa algarvia. Fomos à Praia Verde. O enquadramento da praia é muito bonito com imensos pinheiros e algumas casas sem exagero de construções. Pelo que li, o pinhal era ainda maior mas foram derrubadas algumas árvores precisamente para arranjar espaço para a construção. 

DSC02020.JPG

Praia Verde

Quando chegámos, a meio da manhã, não havia uma grande multidão na praia permitindo estender a toalha respeitando as regras de distanciamento já conhecidas. Assim que se aproxima o meio-dia, a situação começa a ser diferente o que nos causa algum desconforto. Acho que eu e o A. estamos a desenvolver demofobia  porque quando aumentam o número de pessoas na praia é a nossa deixa para irmos embora. 

Antes ainda tivemos oportunidade de apanhar um petisco para o jantar

20200826_075943.jpg

Conquilhas algarvias

No domingo tomámos o pequeno-almoço bem cedo para aproveitar o dia. Desta feita fomos até à aldeia de Cacela Velha onde se pode usufruir de uma das paisagens mais fotografadas do Algarve.

DSC02043.JPG

Cacela Velha

A aldeia também é muito pitoresca.

Aldeia de Cacela Velha

De seguida, fomos à praia da Manta Rota, uma praia muito grande e muito procurada por famílias em férias. Mais uma vez, foi muito fácil estacionar e estender as toalhas cumprindo as regras de distanciamento social. Tínhamos lido que era habitual fazer grandes caminhadas entre a Manta Rota e a Cacela Velha. Realmente, há um movimento perpétuo de pessoas para lá e para cá. Nunca percebi a necessidade que as pessoas têm de se cansarem na praia. Um dia de praia ideal para mim é ficar estendida na toalha a ler ou a dormitar.  Muito de vez em quando lá me digno a ir molhar os pés ou mais qualquer coisa. Mas, já que lá estava, acabei por entrar na "onda" e caminhar até à Cacela Velha.

DSC02060.JPG

Manta Rota

Tal como nos outros dias, a tarde foi passada a relaxar à beira da piscina e a preparar a bagagem para a viagem de regresso.

DSC01975.JPG

Infelizmente, foram poucos dias mas gostei muito da minha estadia no Algarve. Não encontrei as enchentes que imaginava. Realmente, estive em filas para entrar nos supermercados mas isso deve-se mais à pandemia do que ao número de pessoas. Nem se demorou muito tempo nas compras. Não fui a estabelecimentos de restauração na região por isso não sei como é que está a situação nesses locais.

Naturalmente que 2020 é um ano atípico mas eu também não tenho termo de comparação porque nunca tinha ido ao Algarve em Agosto.

Em suma, gostei muito destes meus dias no Algarve em que conheci locais que não conhecia mas em que também descansei bastante. Presumo que o facto de ter passado grande parte do tempo numa aldeia perdida na serra contribuíu para tornar a experiência mais agradável. Ficou ainda muito por explorar como as praias fluviais que existem naquela zona. Assim já tenho desculpas para voltar.

Continuo a achar falta de imaginação só conhecer o caminho para o Algarve quando temos um país tão bonito e tão diverso com recantos maravilhosos para descobrir mas começo a compreender o encanto da nossa região mais a sul.

 

13 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Links

Vale a pena espreitar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Blogs de Portugal