Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

25
Fev20

Mais um caso de violência policial

Charneca em flor

Esta manhã, a página de Facebook do Diário de Notícias partilha um artigo da jornalista Fernanda Câncio. Este artigo refere-se a mais um caso de violência policial ocorrida no passado domingo junto de um bar brasileiro. Presumo que seja brasileiro pelo nome, Boteco da Dri. Pelo que consta, o grupo de cerca de 200 pessoas estavam no exterior do bar a festejar o Carnaval. Segundo o comunicado da PSP à Lusa, as pessoas impediam a circulação de veículos e a polícia interviu no sentido de dispersar a multidão e repôr a circulação. A PSP diz que advertiu as pessoas mas que elas não obedeceram. As testemunhas dizem que os agentes começaram logo a empurrar. Uma das mulheres agrediu um polícia, ao que tudo indica com um copo de plástico (!). Os agentes tentaram manietá-la e foi nessa situação que se deu a agressão que levou a que a jovem tivesse que ser atendida no hospital onde levou 6 pontos na cabeça. Uma outra mulher tentou ajudá-la mas foi impedida com uma "chave de pescoço" com o cassetete. A maioria das pessoas assistiu à cena passivamente e filmando. Provavelmente se tivessem reagido, a violência teria sido maior. Os comentários ao artigo, no Facebook, são assustadores no sentido em que se parabeniza a polícia pela violência e porque são patentes os comentários xenófobos. E ainda há quem ache que nós somos um país de brandos costumes. Pois...

Esta notícia fez-me pensar numa outra situação, ocorrida esta semana, em que a atitute da polícia foi completamente diferente. Quando os amigos e familiares dos 3 indivíduos que morreram num despiste de automóvel a 300 km/h, impediram o trânsito na 2a Circular para prestarem uma homenagem aos falecidos, a polícia não tentou dispersar os veículos. Pelo contrário, não incomodou a multidão mas canalizou o trânsito para outras vias. Não se percebe.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Links

Vale a pena espreitar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Blogs de Portugal