Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

27
Fev18

Plágio no Festival?!

Charneca em flor

Quem diria, há uns anos que o Festival da Canção iria voltar a mover paixões?! Depois do brilharete na Eurovisão no ano passado, este ano a expectativa era grande. Recordemos que a música "Amar pelos dois" e o Salvador Sobral só começaram a ter mais apreciação nacional quando se começou a ouvir dizer que ele estava a ser muito elogiado lá fora. Tipicamente português. Este ano o Festival da Canção é tema de posts e é notícia em vários meios de comunicação social. As críticas à qualidade, ou falta dela, têm sido uma constante. Algumas das críticas são injustas. Era natural que aparecessem muitas músicas na mesma onda da composição da Luísa Sobral já que essa foi a fórmula vencedora. Como sempre, umas músicas são boas e outras nem por isso. Em relação às eliminatórias achei que exageraram no número de músicas. No ano passado eram menos, imagino que só tenham aparecido as melhores.

O que é engraçado é que todas as semanas têm havido polémicas. Na semana passada foi a bronca das votações trocadas. Esta semana é o plágio do Diogo Piçarra. Confesso que não vi esta eliminatória com muita atenção mas esta foi mesmo a música de que mais gostei. Adorei a presença de músicos ao vivo.

 

Assim que se soube quem eram os compositores que iriam participar, pensei logo que Diogo Piçarra seria escolhido pelo público já que é um músico conhecido e com uma legião de fãs. Não estava à espera que fosse o mais votado do júri. E ninguém estava à espera da acusação de plágio, certamente. 

Mas alguém acredita que o rapaz ia copiar conscientemente uma música da IURD?! E como é que alguém se deu ao trabalho de ir pesquisar aquela música?! Realmente, as possibilidades que a Internet nos trouxe.

Vamos lá a ver, as notas musicais são só 7. Quantas possibilidades haverá, estatisticamente, de combinar estas 7 notas de maneira diferente? Um arranjo aqui, outro arranjo aqui, é sempre possível descobrir alguma parecença com alguma coisa que já se compôs anteriormente.

Até tive pena do rapaz, sinceramente. Para mim, plágio ou não, continua a ser uma música bonita.

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Desafio

Desafio

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Blogs de Portugal