Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

20
Fev20

Eutanásia, sim ou não?

Charneca em flor

 

eutanasia1-e1581520233959-890x566.jpg

Hoje a Assembleia da República discute os projectos de lei sobre a legalização da Eutanásia em Portugal. Este tema causa-me algum desconforto e sinto-me dividida em relação a ele. Não consigo ter uma opinião taxativa. Não posso dizer que concordo a 100% mas também sinto que não tenho o direito de julgar as pessoas que, em situação de sofrimento extremo, prefiram acelerar o processo da natureza. No entanto, a nossa legislação já prevê a recusa de tratamento e o testamento vital*. Já são instrumentos para que a vida não seja prolongada em casos de algumas patologias muito graves.

Não queria estar na pele dos deputados por isso até prefiro que não se avance para referendo como algumas vozes da sociedade propõe. Não saberia como votar.

Neste artigo do Público consegue-se perceber as diferenças e/ou semelhanças entre as 5 propostas que serão discutidas hoje.

 

*O testamento vital ou diretiva antecipada da vontade é o documento onde o cidadão pode inscrever os cuidados de saúde que pretende ou não receber. Permite também a nomeação de um procurador de cuidados de saúde. Para saber mais sobre este tema pode-se passar pela página do SNS 

19
Fev20

Grande oportunidade para estar calado

Charneca em flor

Ontem o Secretário de Estado Adjunto e das Comunicações dizia, no Jornal Expresso e a propósito do Aeroporto do Montijo, esta alarvidade:

"Em relação às questões ambientais, surgem à cabeça as rotas migratórias de milhares pássaros. Face às críticas de “estrénuos protectores das espécies, de matriz radical e insensata”, defende que “os pássaros não são estúpidos e é provável que se adaptem”.

“E este postulado arriscado é tão cientificamente sólido como o seu contrário: o de que eles não vão encontrar outras rotas migratórias, outras paragens estalajadeiras, como no Mouchão. Ciência sem dados comprovados não é ciência”, concretiza."

Digam lá se não foi uma excelente oportunidade para estar calado?

Obviamente que qualquer localização teria impactos ambientais e que um novo aeroporto é essencial para a nossa economia uma vez que o turismo é uma importantíssima fonte de receita. 

Agora será que se escolheu a localização com menor impacto ambiental, com menor impacto nas pessoas ou a localização mais barata?

Pensemos nisso.

17
Fev20

O país descobriu-se racista

Charneca em flor

Primeiro que tudo, vou fazer uma "declaração de interesses". Eu sou adepta do Benfica desde que me lembro e um bocadinho anti-portista também. Mas o que se passou ontem em Guimarães está acima de qualquer preferência clubística.

Que há racismo em Portugal não é propriamente surpresa. Não seremos o país mais racista do mundo mas temos a nossa quota de racismo por mais que haja quem diga o contrário. Talvez seja um racismo mais dissimulado que se esconde atrás de um teclado, de um computador, atrás de uma farda de autoridade ou no meio de um estádio rodeado de outros tipos do mesmo género. É preciso que aconteça no futebol para que as pessoas prestem atenção.

Se o Marega podia ter agido de outra forma? Se calhar, podia. Talvez noutras ocasiões ele tenha suportado os mesmos insultos e não tenha saído do campo. Os energúmenos que o insultaram conseguiram o que queriam, destabilizá-lo. Se não saísse, mostrava que era superior a estas atitudes. Mas ao sair acordou a nossa sociedade para um problema que está presente em todos os sectores por mais que teimemos em olhar para o outro lado.

O desporto é suposto ser o primeiro sítio onde a tolerância e a integração deveriam ser exemplares. 

Portugal foi notícia por todo o mundo, poucos minutos depois dos acontecimentos pelos piores motivos. 

O meu clube do coração não teve a melhor atitude. Era indispensável que tivesse saído um comunicado oficial de condenação destas atitudes. Publicar um vídeo anti-racismo nas redes sociais é pouco, muito pouco.

"A Constituição da República Portuguesa é muito clara na condenação do racismo, assim como de outras formas de xenofobia e discriminação, e o povo português sabe, até por experiência histórica, que o caminho do racismo, da xenofobia, e da discriminação, além de representar a violação da dignidade da pessoa humana e dos seus direitos fundamentais, é um caminho dramático em termos de cultura, civilização e de paz social", disse Marcelo Rebelo de Sousa

08
Fev20

Christina Koch

Uma mulher que veio do espaço

Charneca em flor

dims.jpeg

Christina Koch voltou, esta semana, à terra depois de ter sido a mulher que passou mais tempo no espaço. Esta astronauta esteve 328 dias na Estação Espacial Internacional onde fez imensas pesquisas científicas nomeadamente a nível dos efeitos das longas viagens espaciais no corpo humano e participou, com a sua colega Jessica Meir, numa caminhada espacial exclusivamente feminina. 

É sempre inspirador ver uma mulher triunfar num ambiente nem sempre propício à participação feminina como é a exploração espacial.

Muitos parabéns à Christina Koch e que a ciência lhe continue a dar muitos motivos para sorrir. E que continue a bater mais recordes.

1-154.jpg

 

 

04
Fev20

Quarentena

Charneca em flor

Nos últimos dias tem sido muito discutida a possibilidade de quarentena obrigatória se a saúde pública estiver em causa. Tudo isso a propósito do repatriamento dos portugueses que estavam na cidade de Wuham, epicentro do surto do novo Coronavírus 2019-nCoV.

A Legislação Portuguesa só permite internamento obrigatório em casos de doença mental. Assim a hipótese de estes portugueses ficarem em isolamento, até passar o período de possível incubação da doença, estaria dependente do consentimento dos próprios. Ou diria eu, do bom senso. Surpreendentemente, estes cidadãos fizeram a opção mais correcta e segura para todos já que aceitaram ficar em isolamento. Afinal, ainda há pessoas com bom senso. 

Ao ficarem em isolamento protegem as outras pessoas, nomeadamente os seus familiares, mas também ficam com acompanhamento médico quase em permanência. 

Se eu estivesse no lugar destas pessoas, faria o mesmo. 

 

 

24
Jan20

Princesa angolana

Charneca em flor

Durante anos e anos estendeu-se a passadeira vermelha para deixar passar a princesa angolana e abriram-se os cofres para que os milhões entrassem. Será que ninguém se preocupou com a origem do dinheiro?! Até parece que só agora é que cheira a esturro. Há muita hipocrisia na sociedade portuguesa. 

mw-860.jpeg

Vamos ver como que influência que esta investigação terá na nossa economia.

.

10
Jan20

Vendaval em Terras de Sua Magestade

Charneca em flor

Em Maio de 2018 escrevi sobre o casamento de Harry e Meghan e comentei que a ex-actriz seria uma lufada de ar fresco na Coroa Britânica. No entanto, ao longo destes quase 2 anos e, principalmente nos últimos dias, Meghan Markle mais parece um vendaval. Como eu dizia nesse dia, continuo a acreditar em contos de fadas (já não tenho idade para isso, eu sei) e o facto de o casal ter declarado a intenção de deixar de ser Membros Sénior da Família Real provoca alguns estilhaços nesse conto. Para além disso, e segundo se consta, o assunto não foi discutido com a Casa Real antes de ter sido tornado público o que me parece uma grande falta de respeito. Obviamente que eles têm todo o direito de querer mudar de vida mas deviam ter pensado nisso antes de gastarem uma quantidade pornográfica de dinheiro no casamento e na renovação da casa onde residiram até agora.

Imagino que os contribuintes ingleses não devam estar muito satisfeitos com a situação. De modo a retribuirem as libras investidas neles, o minimo que podiam fazer era continuar a representar a Casa Real. É verdade que eles se disponibilizam a continuar a apoiar a Rainha mas, se forem viver para fora, esse apoio será cada vez menor.

Achei graça à intenção de se tornarem "financeiramente independentes". Custa muito a acreditar que deixem de receber qualquer valor da Coroa Britânica. Irão trabalhar em quê?! É que se forem criar uma empresa ou dar palestras, como se tem especulado, tudo aquilo que ganharem não vai depender só das suas qualidades pessoais mas, sobretudo, ganharão dinheiro por serem quem são. Não me parece grande independência.

A Rainha tem uma grande capacidade de resistência mesmo com a idade que tem. Afinal a família só lhe dá desgostos.

 

04
Jan20

Sobre os desejos para o novo ano

Charneca em flor

Na época festiva que está quase a acabar é habitual que as pessoas, anónimas ou não, expressem desejos para o novo ano. Cheguei à conclusão que isso não faz muito sentido. Vamos lá a ver, muda realmente alguma coisa quando termina um ano e começa outro? O mundo global ou o nosso pequeno mundo pessoal fica assim tão diferente? Pois, não fica não. Por isso parem lá de desejar coisas como amor, saúde para todos ou paz no mundo. Claramente, estes desejos não estão a resultar como se pode concluir por este acontecimento que está a marcar o início de 2020. 

xScreenshot_1.jpg.pagespeed.ic.-5OZ_cpF7e.jpg

Qassem Soleimani

Obviamente que o tipo não era um santo mas talvez tivesse sido melhor que os  EUA agissem de uma maneira mais inteligente. Talvez se evitasse a escalada de violência que se adivinha. É o que dar o poder a um personagem como Donald Trump.

 

 

13
Dez19

Goodbye, United Kingdom

Agora é que se vão mesmo embora

Charneca em flor

20191213_003039.jpg

Projecções 

Boris Johnson conseguiu uma vitória esmagora nas eleições do Reino Unido. Isto indica que o Brexit vai mesmo acontecer no final de Janeiro. Ao que parece, a maioria dos britânicos quer mesmo sair da União Europeia. Com estes resultados, tudo indica que será possível sair com um acordo uma vez que, com maioria absoluta, o Partido Conservador terá mais facilidade em fazer avançar o acordo de saída.

Eu acho que o Brexit não traz vantagens para nenhum dos lados mas, já que tomaram essa decisão, que saiam de uma vez. Já não há paciência para tantos avanços e recuos. O melhor é concretizar o divórcio e seguir em frente. Só assim se poderá construir uma nova relação entre as 2 partes.

 

05
Dez19

Esta morte podia ter sido evitada?

A investigação o dirá

Charneca em flor

687703.png

Esta semana faleceu um homem numa ambulância a caminho do hospital. Imagino que esta situação seja frequente quando se trata de uma situação muito grave, seja ela acidental ou doença súbita. Acontece que o homem faleceu mais de 2 horas depois de ter sido acionado o socorro. Esta situação já não será tão frequente, espero eu na minha ingenuidade. Infelizmente, uma vítima ser transportada ao hospital tanto tempo depois de ter sido dado o alerta deve acontecer várias vezes. O desfecho pode é não ser tão trágico. 

Quem já telefonou para o INEM sabe que nem sempre é um processo simples. A pessoa que telefona está em pânico e não compreende porque é que são necessárias tantas perguntas. Eu sou a primeira a defender o INEM uma vez que considero imprescindível que os meios enviados sejam adequados à situação em causa para que não haja dispersão de meios que façam mais falta noutro local. 

Não sei se o INEM terá feito tudo o que era possível para salvar aquele homem. Aliás, vai haver um inquérito interno para apurar responsabilidades. A pergunta que me surgiu no espírito foi esta: - Será que há inquéritos em todos os casos similares ou, como desta vez atingiu uma pessoa conhecida, o INEM foi mais célere a decidir investigar?

amaral-dias-9999x9999-lt.jpg

É que a vítima foi o psicanalista Carlos Amaral Dias, pai da ex-deputada e comentadora televisiva, Joana Amaral Dias. O psicanalista era uma pessoa de grande valor como investigador na área da psicanálise e como professor universitário, escreveu inúmeros livros e colaborou em programas de rádio. Tenho muita pena que tenha falecido assim. Só que eu gostava de ter a certeza que todos os casos idênticos são investigados da mesma maneira mas a minha ingenuidade não chega a tanto.

Mais sobre mim

foto do autor

Links

Vale a pena espreitar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Blogs de Portugal