Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

09
Jun18

Sem reservas

Charneca em flor

 

Desde ontem que estou em choque com a notícia da morte de Anthony Bourdain. Tudo indica que foi por suicídio. Dá que pensar não é? Um homem que parecia ter uma vida de sonho. Bourdain começou por ser um chef de cozinha mas acabou por se tornar escritor e estrela de televisão. Um dos seus programas de televisão mais conhecido era o No Reservations, que aliava 2 coisas que eu adoro, comida e viagens. Esse programa levou-o a viajar por todo o mundo para dar a conhecer a gastronomia bem como a cultura de cada região. Filmou 3 episódios em Portugal, em Lisboa, Porto e Açores.

Era um comunicador nato mas tinha, sabe-se agora, o seu lado negro. A quantos dos nossos ídolos acontecerá o mesmo? Quantas vezes os sonhos se transformam em pesadelos? Quantas vidas, aparentemente, plenas são vidas vazias?

E não acontece só às celebridades que vemos na televisão, nas revistas ou no Instagram. Se olharmos à nossa volta, entre a nossa família e os nossos amigos, quantas vezes um sorriso, uma gargalhada escondem a escuridão da alma?!

 

 

 

31
Mai18

Ainda há heróis

Charneca em flor

Neste mundo que corre a uma velocidade voraz já chego um pouco atrasada com esta notícia 

Obviamente, que já não vale a pena descrever o que aconteceu até porque já toda a gente deve conhecer a história deste herói, deste homem-aranha da vida real e de como este acto mudou a sua vida. Este jovem do Mali passou de emigrante ilegal em França para convidado para o Eliseu, condecorado, legalizado e até já tem emprego garantido. O que eu gostava de reflectir é sobre o quanto é refrescante ver uma notícia destas na nossa comunicação social. Contrasta com o registo habitual das desgraças, da corrupção na política e no futebol ou da violência. Ou do aumento dos combustíveis e dos disparates do Trump. Quantas histórias destas nos passarão ao lado porque não têm espaço noticioso? Afinal, nesta sociedade egoísta em que vivemos, ainda há pessoas generosas e corajosas. Será coincidência virem de outra zona do mundo que não do chamado mundo mundo ocidental?!

 

29
Mai18

Dignidade de vida ou morte digna?!

Charneca em flor

doente_fotodr1470c797.jpg

Daqui a umas horas, vários projectos sobre a eutanásia serão votados na Assembleia da República. O tema tem sido aflorado na comunicação social mas não considero que esteja a dividir o país. Tenho para mim que muitos portugueses nem têm conhecimento deste assunto. 

De entre os chamados temas fracturantes da sociedade, este é aquele sobre o qual eu não tenho uma convicção firme formada. Quer dizer, sou sensível a argumentos de ambas as partes.

Por exemplo, em relação ao aborto sempre fui contra e votei "não" nos 2 referendos. Sempre considerei que a anterior lei da Interrupção da gravidez já contemplava os casos onde é compreensível recorrer a esta intervenção. Tendo em conta que há métodos contraceptivos adequados a cada mulher, a cada casal e a cada realidade, na minha opinião, não se deveria recorrer à interrupção da gravidez como método de controlo da natalidade. Fico espantada como, no séc. XXI, ainda há tantas mulheres que utilizam mal os métodos contraceptivos, por falta de conhecimento ou por pura irresponsabilidade, comprometendo a sua eficácia.

Já quando penso na eutanásia, fico muito dividida. Por um lado, acho que o Estado deve disponibilizar o acesso aos melhores cuidados de saúde possíveis, sejam eles preventivos, curativos ou paliativos. Essa deve ser a principal preocupação, principalmente no que diz respeito a doenças graves, incapacitantes ou terminais. Por outro lado, também compreendo o argumento de que as pessoas têm o direito de morrer com dignidade e com o menor sofrimento possível. Aceito que algumas patologias podem provocar um sofrimento atroz e sem sentido. Compreendo que o desespero possa levar a pessoa a considerar essa opção final. No meu dia-a-dia, ouço tantos idosos dizerem: "Mas o que eu ando cá a fazer?" e eu tento sempre arranjar algo de positivo nas suas vidas mas a verdade é que, às  vezes, fico sem argumentos.

Não sei o que faria se estivesse numa situação de doença incurável ou o que sentiria se alguém da minha família me dissesse que queria recorrer à eutanásia para se libertar da dor.

Ainda bem que não estou na pele dos deputados. O que quer dizer que, se houvesse um referendo, provavelmente votava em branco. Dos 2 lados da barricada, há argumentos válidos e lógicos. 

Veremos o que se segue.

14
Fev18

Jogos Olímpicos de Inverno

Charneca em flor

Como tenho estado de férias tenho visto algumas provas dos JO que decorrem na Coreia do Sul. Não consigo olhar para a maioria das modalidades como desporto. Parece-me que eles vão para ali divertir-se. O estádio tem ar de parque de diversões. Vejam o Luge, por exemplo

 

Digam lá se não parece uma grande brincadeira?!

Ou o Curling?

Como é que treina Curling? A limpar o chão, talvez.

Agora a sério, gosto muito de ver os JO de Inverno. Vêem imagens espectaculares. As minhas modalidades preferidas são o Luge, a Patinagem Artística e os Saltos em Esqui. Espero que continue tudo a correr bem. É que cair mal num Salto em Esqui deve doer. Ou um despiste no Luge.

 

 

01
Fev18

Parabéns à Fórmula 1

Charneca em flor

Ontem quando voltava para casa, vinha a ouvir a TSF. Estava a dar notícias de desporto e eu fiquei a ouvir porque queria ouvir melhor esta notícia. Ao que parece, a organização da  Fórmula 1 decidiu acabar com esta imagens

transferir.jpeg

image.jpeg

lucy_pinder_michelle_marsh_race_3_big.jpg

Ou seja, as jovens modelos, normalmente com pouca roupa, que costumam aparecer em várias etapas destas corridas como seja a partida ou o pódio ou simplesmente a desfilar pelo recinto vão deixar de aparecer. O início da presença de modelos femininos no desporto automobilístico deveu-se a campanhas publicitárias e, ao longo dos anos, tornou-se tradição. Tendo em conta a indumentária habitual, a imagem transmitida é extremamente sexista. Não vejo qualqer motivo para aquelas modelos andarem por ali a não ser chamar a atenção dos espectadores masculinos. 

Esta decisão de acabar com este costume é de louvar. Não se pode continuar compactuar com esta utilização da mulher como um mero objecto decorativo. Os meus parabéns a quem tomou esta decisão.

 

 

 

18
Jan18

Lingerie no Conselho de Ministros

Charneca em flor

A antiga fábrica de lingerie Triumph em Sacavém está em processo de encerramento. Ouvi ainda agora que as trabalhadoras preparam para hoje mais um protesto. Uma das acções é irem ao Conselho de Ministros para tentarem ser recebidas para pedir ao Governo que interfira no processo e, simbolicamente entregarem uma peça de lingerie. Desde que ouvi a notícia que não consigo parar de imaginar a cara do António Costa com umas cuequinhas vermelhas na mão.

5014f99103eff78271f2f2a7e88322e4.jpg

 

30
Out17

Horário de Inverno

Charneca em flor

images.png

Ontem acertámos os relógios para a hora de Inverno. E, ao que parece, levamos, pelo menos, 2 dias a adaptarmos ao novo horário. Algumas pessoas acham um pouco deprimente, principalmente ao fim da tarde porque dá ideia que escurece mais cedo. Eu incluo-me nesse grupo. Sabe bem sair com mais luz, de manhã, mas à tarde é muito deprimente. E ainda por cima esta semana estou a sair às 20h o que já é aborrecido. Ouvi, penso que foi na TSF, que o que se sente na mudança horária é como o jet lag. Normalmente não me faz diferença viajar para países com diferença de uma hora. Agora se a diferença for mais acentuada já me afecta. Talvez a diferença de 2 horas na última viagem que fiz tenha sido um dos factores que contribuiu para a enxaqueca épica que tive. Em 2009 fui aos EUA no Verão. Lá eram menos 5 horas e foi muito complicado. Eram 20h e eu estava de rastos. O A. estava muito entusiasmado e não pensava ir para o hotel. Na manhã seguinte acordei cheia de fome precisamente 5 horas antes de começar o pequeno-almoço. E com isso tudo, tive uma crise de esofagite de refluxo. Por isso e pelo café americano mas isso já é outra história.

Toda esta conversa faz-me lembrar o Prémio Nobel da Medicina atribuído há umas semanas a 3 investigadores que se têm dedicado ao estudo dos processos moleculares que regulam o nosso relógio biológico. Sim, existe mesmo um relógio biológico que readapta o funcionamento do nosso organismo às várias fases do dia e afecta o nosso equilíbrio hormonal, o metabolismo, o desencadear e a qualidade do nosso sono. O relógio biológico pode influenciar a absorção dos medicamentos ou o risco de desencadear algumas doenças. 

Ou seja, a influência dos horários de Inverno ou de Verão é mesmo importante.

24
Out17

O Penta do CR7

Charneca em flor

 

Mais uma vez, Cristiano Ronaldo venceu o prémio de Melhor Futebolista do Ano atribuído pela FIFA. Já conta com 5, os últimos dos quais em 3 anos consecutivos (2015, 2016 e 2017). Ele pode não ser perfeito, pode não ser o mais talentoso do mundo, pode mandar vir filhos dos EUA, pode gerar paixões ou ódios, pode ser isso tudo e não ser uma figura consensual mas todos lhe reconhecem a capacidade de trabalho. E a ambição que o motiva a ganhar tudo o que há para ganhar. E outro pormenor, nunca se esquece de onde veio. No seu discurso de agradecimento começou por falar em português, fintando o protocolo da FIFA, e só depois agradeceu em inglês. Quem não percebeu, percebesse. É assim mesmo. 

Também acho muito bonito que nunca se esqueça de agradecer aos seus colegas da Selecção quando se percebe que estes prémios se devem mais ao que tem conseguido no Real Madrid e não na Selecção. 

Simplesmente, o melhor.

23
Out17

Acórdão vergonhoso

Charneca em flor

justiça-840x560.jpg

Não sou defensora do adultério. Antes pelo contrário, até porque já fui vítima de adultério. Tenho para mim que se a pessoa cai numa situação de adultério é porque a relação onde está já não faz sentido. Por isso acho mais honroso, acabar com a relação, por mais que custe, do que entrar numa espiral de mentira.

Depois desta primeira declaração de interesses, quero dizer que acho vergonhoso este Acórdão do Tribunal da Relação do Porto que confirma a pena suspensa do Tribunal de Felgueiras. O caso ocorreu em 2014 em que uma mulher foi agredida pelo marido e perseguida pelo amante. A mulher envolveu-se num caso extra-conjugal e, quando o quis terminar, começou a set perseguida pelo amante que não aceitou o rompimento. Este homem chegou a contactar o marido da vítima para lhe contar do caso. Numa certa ocasião, arranjou maneira ee se encontrarem os 3 e foi aí que a mulher foi agredida pelo marido. Com uma moca de pregos. Nada justifica a violência nem mesmo um acto moralmente reprovável como o adultério. As pessoas não são objectos que se possuem. 

Mas o pior de tudo é que os agentes da justiça que deviam defender os cidadãos são coniventes com estes actos. A justificação para manter a pena suspensa aos 2 homens é tão ignóbil que eu nem sei o que hei-de destacar. Até a Bíblia serve de justificação. Tenho para mim que o juiz só leu na Biblia aquilo que lhe interessa, saltou o episódio em que Jesus perdoa uma mulher adúltera. E até justifica com uma lei do código penal, relativamente recente, de 1886. Nem sei que diga.

Vou só deixar uma resposta à frase "são as mulheres honestas as primeiras a estigmatizar as adúlteras". Srs Juízes, eu sou uma mulher honesta mas, se eventualmente estigmatizei alguma adúltera, nunca achei que a violência fosse justificada. Muito menos com uma moca de pregos. Eu sou uma mulher honesta mas sinto-me mais tentada a estigmatizar os juízes do que as mulheres adúlteras. E já agora, Srs Drs Juízes, os senhores são umas bestas.

 

P.S. - Parece que o Acórdão foi redigido por um homem e uma mulher. Dá que pensar.

23
Out17

Vão até lá, srs deputados

Charneca em flor

mw-860.jpg

Marcelo Rebelo de Sousa em Midões, Tábua

Imagem daqui

 

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, tem andado pelos concelhos afectados pelos incêndios do passado domingo. Tem visto os estragos nas habitações e nas indústrias e tem-se encontrado com os familiares das vítimas mortais. Marcelo tem estado presente e tem dado o consolo possível dadas as circunstâncias. Ontem ouvi-lhe uma exortação que tem toda a lógica. Dizia ele que achava que seria útil irem delegações de deputados a estes locais. Não só os deputados eleitos por aqueles círculos mas deputados de todas as regiões para terem uma "exacta noção da situação".

Acho que tem toda a razão mas não é só agora e naqueles lugares que os deputados deviam ir. E não só eles mas também os ministros e os secretários de estado. Afinal, são eles que aprovam ou não as leis e as medidas que vão influenciar as nossas vidas. A maioria não faz ideia do que é o país que fica fora dos centros urbanos. Não fazem ideia do que é o país real, muito para além do país que imaginam entre as paredes da Assembleia. 

Excelente ideia, Sr. Presidente. Agora é só uma questão de aceitarem o repto lançado.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Desafio

Desafio

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Blogs de Portugal