Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

05
Jan16

Teve o tratamento adequado

Charneca em flor

 

As notícias da área da saúde chamam-me sempre a atenção já que trabalho nessa área profissional. Uma das situações dramáticas que marcou o fim do ano de 2015 foi a morte do jovem David Duarte na madrugada do dia 14 de Dezembro em sequência da ruptura de um aneurisma cerebral. O jovem não foi operado assim que a situação foi diagnósticada por falta de escala de serviço de neurocirurgia para os fins de semana. O caso foi conhecido porque a namorada divulgou o caso nas redes sociais e na comunicação social. Ao longo do tempo, a opinião pública foi percebendo que não era caso único tendo já acontecido situações similares anteriormente. Muito já se têm falado sobre o assunto, houve demissões e agora a situação parece já ter sido resolvida uma vez que já foram elaboradas escalas de equipas de neurocirurgia, divididas entre 4 hospitais, para os fins de semana.

Falo do assunto agora porque hoje o Presidente da Sociedade de Neurocirurgia, Dr. Carlos Vara Luiz, veio afirmar que o doente foi atendido de maneira correcta e dentro das normas internacionais, que o médico que estava de serviço não podia ter transferido o doente e que estes doentes têm uma elevada taxa de mortalidade. Até sou capaz de compreender que, naquelas circunstâncias, o médico fez o melhor que podia e que o risco de transferência para outro hospital poderia ser maior do que aguardar pela cirurgia. O que eu não compreendo é o seguinte:

- O doente, quando chegou ao Hospital de São José, já vinha do Hospital de Santarém logo já tinha sido transportado durante mais de 80 km. Se fosse transportado para outro hospital da cidade de Lisboa, era uma distância bem mais pequena, certo?

- Porque é que o INEM (se tiver sido o responsável pelo transporte) transferiu o doente para o Hospital de São José se já havia um diagnóstico de aneurisma e ali não há equipa de neurocirurgia? Não seria possível encaminhar o doente para outro hospital? 

- Obviamente que os profissionais de saúde devem ser pagos de modo adequado às funções que desempenham mas aonde pára a etica e a deontologia? E o Juramento de Hipócrates ainda existe ou é meramente decorativo?

É difícil trabalhar ao fim de semana ou em épocas festivas quando o resto da família está em casa mas faz parte da profissão. Agora é preciso perceber porque é que as pessoas vão trabalhar para esta área, qual é a sua verdadeira motivação?!

O Dr. Carlos Vara Luiz é um excelente médico mas estes seus comentários servem de pouco consolo a esta família e a todas as outras famílias que perderam alguém da mesma forma. O David Duarte podia ter morrido na mesma se tivesse sido operado mais depressa mas agora nunca iremos saber.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Blogs de Portugal