Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

10
Jun18

Foto da Semana #23

Charneca em flor

20180610_112953_0001.png

Os seguidores do Instagram votaram e escolheram a foto da semana. Por coincidência, até tinha as cores nacionais . Assim este é um post 2 em 1. Aproveito e assinalo também o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. 

Bom feriado para todos os portugueses, quer estejam em Portugal Continental, nas Ilhas ou nos vários cantos do mundo onde a Diáspora os levou. Com sorte ainda tropeçam no Presidente da República.

🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹🇵🇹

 

22
Mai18

Expo 98. Já passaram 20 anos?

Charneca em flor

Há 20 anos, era inaugurada a Exposição Mundial de 1998. O tema escolhido foi "Os oceanos, um património para o futuro" e o local, Lisboa, na zona que hoje é conhecida por Parque das Nações. Quem vê, hoje, aquela zona nem imagina a transformação que foi operada naquela área. Pouca gente acreditava que era possível (mais ou menos como poucos acreditavam que vencemos o Europeu de Futebol ou a Eurovisão) tal transformação. De uma zona de barracas e indústrias chegou-se ao que se vê hoje, uma das zonas mais nobres da cidade. A inauguração acontecia de um lado e noutros pontos ainda se ultimavam pormenores. À portuguesa, portanto.

Prescindi de algumas coisas para comprar um bilhete de 3 dias e valeu muito a pena. O ambiente era espectacular e inesquecível. Visitei tantos pavilhões de países nem sonhando que um dia iria conhecê-los. A primeira vez que fui a Itália foi através da visita ao seu pavilhão.

E os concertos maravilhosos a que assisti na Praça Sony?!

Ou o espectáculo Aqua Matrix que encerrava o dia?!

 

 

E o que dizer do desfile dos Olharapos ou da Peregrinação

E as filas enormes para entrar em qualquer lado?! 

E a sorte de conseguir visitar o Oceanário logo no primeiro dia? Não havia fila quando lá passei. Nem queria acreditar.

Tantas e tão boas memórias. A Expo98 foi a primeira ocasião em que senti "tenho orgulho no meu país, tenho um imenso orgulho em ser portuguesa".

08
Mar18

Condutoras sauditas

Charneca em flor

saudi-drive-master768.jpg

 

Hoje assinala-se mais um Dia Internacional da Mulher. Nos últimos anos, aqui em Portugal tem sido pretexto para promoções destinadas às mulheres ou mais um motivo para vender flores. Este ano, no meu trabalho, também vamos distribuir flores por isso não posso dizer que sou contra. No entanto, espero que não seja só para isso que sirva este dia. Nós,  mulheres ocidentais, devíamos pensar em todos os direitos que damos por adquiridos e lutar para os mantermos. Porque ainda há mulheres, no século XXI, para quem é uma vitória adquirir um direito tão simples como poder aprender a conduzir como aconteceu recentemente na Arábia Saudita. Ontem vi esta notícia e fiquei muito contente. Dentro de meses, terminará a proibição que impedia as mulheres sauditas de conduzirem e elas já se vão preparando. Quantas mulheres ocidentais, que têm essa possibilidade há largos anos, se acomodam a não conduzir deixando essa tarefa para os homens?! Não sei se sabem mas a Arábia Saudita comemorou o Dia da Mulher pela primeira vez em 2017. E pensar que esta comemoração já existe desde fins do Séc XIX, inícios do Séc XX embora nesses primórdios o dia escolhido varia-se de país para país. A instituição do dia 8 de Março com esta intenção data de 1975, ano que as Nações Unidas de designaram de Ano Internacional da Mulher.

Que seja um dia feliz em Portugal, no mundo Ocidental, na Arábia Saudita e em todos os países onde as mulheres sofrem, são perseguidas ou discriminadas. Esperemos que, um dia, o 8 de Março deixe de ser necessário.

13
Fev18

Parabéns à Rádio

Charneca em flor

images.jpeg

 Hoje celebra-se o Dia Mundial da Rádio. O dia 13 de Fevereiro foi o escolhido porque foi neste dia, em 1946, que  a United Nations Radio emitiu pela primeira vez um programa em simultâneo para um grupo de seis países.

A Rádio fez parte da minha vida desde pequena embora a tenha abandonado durante uns anos. Redescobri a Rádio quando conheci o A. que não vive sem ouvir Rádio.

Lembro-me de o meu pai ter um pequeno rádio a pilhas na mesa de cabeceira que ligava logo pela manhã. Também servia para ouvir os relatos de futebol. Depois de ele partir, perdi o rasto desse aparelho.

Enquanto vivi em casa da minha mãe, continuei a ouvir Rádio. Na adolescência passei pelas fases da Rádio Comercial ou da Rádio Cidade. A Rádio Local da minha terra também era escolha assídua. A minha mãe é fã até hoje. No rádio do carro e no rádio de casa é só essa estação que toca.

Quando fui para a minha casa perdendo essa ligação à Rádio. Desde que o A. entrou na minha vida, a Rádio também nunca mais saiu.

Ouço com mais frequência a TSF e já tenho descoberto muitas coisas que desconhecia. Já descobri livros, restaurantes, músicos, concertos ou exposições devido às suas reportagens. Também podia descobrir de outra forma mas a Rádio dá-nos uma enorme liberdade de movimentos. Adquirimos conhecimentos enquanto fazemos outras coisas. Como conduzir, por exemplo.

Já passaram muitos atestados de morte à Rádio mas as estações têm-se sabido adaptar aos novos tempos e a Rádio continua viva e de boa saúde.

E, vocês que me lêem, ouvem Rádio?

23
Nov17

Thanksgiving

Charneca em flor

thanksgiving.jpg

 

Presumo que as pessoas que festejaram convictamente o Halloween, estejam a festejar com o mesmo afinco o Thanksgiving Day, certo? É que se não derem graças hoje, não podem celebrar a Black Friday amanhã. Digo eu. 

Não sei se vou festejar a Black Friday mas, já agora, vou dar graças por ter 1 tecto, trabalho, por ter pessoas que me amam e por ser feliz apesar de todas as peripécias que me acontecem.

31
Out17

Bruxas, Santos e Defuntos

Charneca em flor

Hoje os Blogs do Sapo têm uma animação bem divertida alusiva ao Dia das Bruxas. É assim assinalado o primeiro de 3 dias dedicados, de certa maneira, ao culto da morte. A tradição do Dia das Bruxas é anglo-saxônica mas já há muitos anos que se festeja também por cá principalmente entre a comunidade escolar.

Amanhã a Igreja Católica dedica o dia a Todos-os-Santos que se define como "uma festa em "honra a todos os santos, conhecidos e desconhecidos"". Logicamente, para se ser santo é preciso estar morto. Santos ainda em vida é difícil. A pessoa pode ter uma vida santa mas nunca se sabe se não se faz um disparate que estrague tudo.

O dia de amanhã, como é feriado, é aproveitado pela maioria das pessoas para visitar os cemitérios mas o verdadeiro dia de Fiéis Defuntos é apenas no dia 2. Este é o verdadeiro rito de saudade e homenagem aos nossos entes queridos. Nestes dias há uma verdadeira romagem aos cemitérios e há, principalmente nas nossas aldeias, uma competição para ver qual é a campa mais bonita. 

Posto isto, Feliz Dia das Bruxas... e de Todos-os-Santos... e dos Defuntos.

31
Ago17

Princesa do Povo, 20 anos depois

Charneca em flor

 

Como disse aqui, Diana de Gales foi um dos meus primeiros ídolos. Hoje faz 20 anos que o mundo recebeu a notícia da sua morte. Quando acendi a televisão e vi a notícia nem queria acreditar. De certa maneira, a maneira como morreu, ainda jovem, veio adensar mais a sua aura, a sua lenda. Nunca deixou de ser notícia mesmo depois da morte. Durante estes 20 anos foram sempre aparecendo notícias. Como dizia a música que o Elton John cantou nas cerimónias fúnebres, "your candle's burned out long before your legend ever will"

 

 

26
Jul17

Diz que é dia dos avós...

Charneca em flor

...porque se assinala o dia de Santa Ana e São Joaquim, avós de Jesus.

dia_dos_avos-01-e1437217706695.jpg

 

Normalmente esta mania de haver dias disto e daquilo irrita-me mas todos os motivos são bons para recordar os meus avós. Esta manhã fiquei com lágrimas nos olhos quando ouvi, na rádio, que era dias dos avós.

Tenho tantas saudades da minha avó Maria. Havia uma empatia tão grande entre nós. Quando ela começou a ter avc's e não  conseguia falar, eu compreendia-a só com o olhar. Os pratos alentejanos que ela fazia nunca mais tiveram o mesmo sabor. Entre nós havia um amor incondicional. Foi um privilégio tê-la tido durante tantos anos. 

Também tenho muitas saudades da minha bisavó Júlia, a avozinha como eu lhe chamava para distinguir da minha avó. Era tão linda, pequenina, muito enrugadinha e com uns olhos tão azuis, tão vivos. Quando me lembro dela, vejo-a sempre de volta da sua cafeteira de café que fazia logo pela manhã. Ela partiu com 98 anos e manteve as suas capacidades intelectuais quase até à morte. Adora ouvir as suas histórias.

Estas 2 mulheres, mãe e filha, foram preponderantes na minha viva, enriqueceram a minha infância.

Mas também não posso esquecer aquele avô João que me chamava "ciganita" quando me via de saia comprida. Ou o meu avó Manel que era muito brincalhão e me pregava partidas mas que se foi devido ao Alzheimer tal como a mãe, a bisavó Conceição.

E a pena que eu tenho de não ter conhecido a mãe do meu pai. Dizem que sou parecida com ela.

Todos eles são, hoje, anjos protetores que velam por mim lá no céu. Estrelas que iluminam o meu caminho.

Obrigada por terem feito parte da minha vida.

10
Jul17

Foi há 1 ano

Charneca em flor

Há 1 ano, os portugueses viveram um dos momentos mais emocionantes a nível desportivo. Pela primeira vez, e contra todas as expectativas, a Selecção Portuguesa de Futebol venceu o Campeonato Europeu em França. Contra a Selecção anfitriã. A França, tal como Portugal no nosso Euro 2004, viu fugir o troféu. Fizemos uma das piores campanhas de que há memória. Ultrapassámos a fase de grupos só com empates ficando em 3° lugar. Este facto acabou por jogar a favor da nossa Selecção já que assim se evitou as selecções mais fortes da competição. 

No jogo da final tudo parecia correr mal. O capitão Cristiano Ronaldo foi derrubado agravando a sua lesão do joelho. Teve que ser substituído logo na primeira parte. Mas os jogadores mostraram que descendem de antepassados valorosos e das fraquezas fizeram forças. Resistiram estoicamente, levaram o jogo a prolongamento e no minuto 109, surge mais um herói improvável, Éder. O patinho feio da Selecção, um dos convocados de Fernando Santos mais contestado, fez o que lhe competia como ponta-de-lança e marcou levando o país, e todos os recantos do mundo onde havia 1 português, ao delírio. Eu vi os últimos minutos do jogo com o batimento cardíaco acelerado e quase em cima da televisão. Aqueles minutos custaram mais a passar do que todos os anteriores.

Mais uma vez, obrigada Fernando Santos, obrigada aos 23 heróis de Paris, obrigada a todo o staff por esta grande alegria.

 

Estes são alguns dos melhores momentos, absolutamente inesquecíveis 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Desafio

Desafio

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Blogs de Portugal