Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

10
Jul17

Foi há 1 ano

Charneca em flor

Há 1 ano, os portugueses viveram um dos momentos mais emocionantes a nível desportivo. Pela primeira vez, e contra todas as expectativas, a Selecção Portuguesa de Futebol venceu o Campeonato Europeu em França. Contra a Selecção anfitriã. A França, tal como Portugal no nosso Euro 2004, viu fugir o troféu. Fizemos uma das piores campanhas de que há memória. Ultrapassámos a fase de grupos só com empates ficando em 3° lugar. Este facto acabou por jogar a favor da nossa Selecção já que assim se evitou as selecções mais fortes da competição. 

No jogo da final tudo parecia correr mal. O capitão Cristiano Ronaldo foi derrubado agravando a sua lesão do joelho. Teve que ser substituído logo na primeira parte. Mas os jogadores mostraram que descendem de antepassados valorosos e das fraquezas fizeram forças. Resistiram estoicamente, levaram o jogo a prolongamento e no minuto 109, surge mais um herói improvável, Éder. O patinho feio da Selecção, um dos convocados de Fernando Santos mais contestado, fez o que lhe competia como ponta-de-lança e marcou levando o país, e todos os recantos do mundo onde havia 1 português, ao delírio. Eu vi os últimos minutos do jogo com o batimento cardíaco acelerado e quase em cima da televisão. Aqueles minutos custaram mais a passar do que todos os anteriores.

Mais uma vez, obrigada Fernando Santos, obrigada aos 23 heróis de Paris, obrigada a todo o staff por esta grande alegria.

 

Estes são alguns dos melhores momentos, absolutamente inesquecíveis 

 

 

06
Jul16

E a Selecção ruma a Paris.

Charneca em flor

Ontem fez 10 anos que Portugal foi derrotado, pela França, nas meias-finais do Mundial da Alemanha. Nesse ano fiquei triste porque a Selecção Nacional não me presenteou com a passagem à final. Este ano, felizmente, o cenário é diferente embora noutra competição. Todos aqueles que se riram quando o Fernando Santos disse que só regressava a Portugal no dia 11 de Julho (eu incluida), hoje são obrigados a engolir o sorriso. O seleccionador tinha toda a razão. Ele lá sabia. Este foi um grande jogo resolvido com 2 golos espectaculares no espaço de 3 minutos. Agora vamos ver se certa comunicação social francesa vai continuar a dizer que o nosso futebol é nojento. Vou torcer para que Portugal escreva um capítulo novo na história do futebol português. Quaresma tem dito "não interessa como é que começa, interessa é como acaba". 12 anos depois, que seja um final feliz. 

E que, no domingo, se Cristiano Ronaldo chorar que seja de alegria.

_41607600_ronaldo300.jpg

 

01
Jul16

De batalha em batalha, até à batalha final*

Charneca em flor

selecção.jpg

 

Ontem viveu-se mais um jogo impróprio para cardiacos. Portugal continua a não conseguir ganhar nos 90 minutos mas também não perde. Fernando Santos alterou completamente a maneira de jogar da Selecção Portuguesa que vimos em competições anteriores. Muitos comentadores têm dito que a equipa não joga grande coisa e que continua a não convencer. Talvez seja verdade mas também não deixa de ser verdade que, no futebol, nem sempre ganha a equipa que joga melhor. Quem ganha é quem marca mais e sofre menos. Foi o que aconteceu em Marselha embora tenha sido por grandes penalidades. A estrelinha da sorte esteve ao lado da equipa das quinas mas os nossos jogadores concentraram-se e com muita calma  chegaram ao melhor resultado. E isso é que interessa.

Renato Sanches foi eleito, novamente, pela UEFA, homem do jogo. Por mais que eu fique contente pelo sucesso de um jogador que cresceu no meu clube, acho prematura toda esta atenção mediatizada que dão a um jogador tão novo. Irrita-me. Deixem o miúdo crescer. Com tantos elogios ainda estragam o rapaz. É verdade que tem sido um jogador importante mas é preciso não exagerar. A calma com que avançou para marcar a grande penalidade é impressionante vinda de um jovem de 18 anos que se vê pela primeira vez numa situação destas. Quantas vezes falharam outros jogadores bem mais experientes?! Será confiança nas suas capacidades ou irresponsabilidade própria da idade? Já agora, será que a UEFA  o elegeria homem do jogo se ele não fosse já jogador do Bayern de Munique? Fica a dúvida.

Gosto das respostas que Fernando Santos dá quando lhe fazem perguntas sobre o Renato Sanches. Não deixa de o elogiar mas de forma comedida. Aliás o melhor elogio do Seleccionador Nacional foi a titularidade que lhe deu ontem. Gosto quando ele diz que o RS é um bom jogador mas que ainda tem muito que evoluir e que vai ser ainda melhor. Gostei quando ele disse que estava contente com todos os jogadores (embora tenha feito um comentário mais dirigido a Pepe e a Cristiano Ronaldo) porque o futebol é um jogo de equipa. O todo tem que ser muito melhor do que a simples soma das partes. Agora é ir para Lyon com os olhos postos em Paris.

torreeiffel.jpg

 

*frase roubada ao Eng. Fernando Santos

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Blogs de Portugal