Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

31
Out21

Argoladas farmacêuticas

Charneca em flor

Não se pense que são só os meus utentes que dizem disparates como ficou patente neste post recente. Também a mim, e às minhas colegas, me saem disparates pela boca fora. Umas vezes são armadilhas de linguagem, outras vezes são sintomas de falta de filtro em aquilo que pensamos e aquilo que dizemos.

Senão vejamos este exemplo:

formacao_para-que-realmente-foram-criados-os-contr

Aqui há dias entrou um delegado comercial de um laboratório que produz e comercializa contraceptivos hormonais nas apresentações orais e na forma de anel vaginal. Quando se dirigiu a mim, comentou que já não nos visitava há algum tempo porque tinha sido pai e tinha estado a usufruir da licença de paternidade. E qual foi a primeira coisa que eu disse? Não, não foi dar-lhe os parabéns. Saiu-me este disparate"

- Olha, afinal os contraceptivos não resultaram. 

Claro que o resultado foi uma grande risota. Onde é que tinha a cabeça?

 

15
Ago19

Peripécias de mais uma noite de serviço

Charneca em flor

As noites de serviço são sempre inspiradoras. Senão atentem nas peripécias do último "plantão":

Situação 1 - Estaciona um reboque à porta com 2 ocupantes. Um deles toca para ser atendido. 

- Olhe, era a pílula do dia seguinte. - e continua, rindo-se muito - veja lá que tive que vir de reboque comprar isso. 

Devia estar à espera que eu também achasse graça à suposta piada. Porque é que comprar a pílula do dia seguinte é uma coisa engraçada?! Ou uma caixa de preservativos, por exemplo?! São coisas tão normais como uma caixa de aspirinas. Haja paciência.

Situação 2 - Uma receita de um antibiótico para criança cujo frasco apresenta uma capacidade de 70 ml vem com uma posologia de 5 ml de 8 em 8 horas durante 7 dias. Ora fazendo uma conta simples chego à conclusão de que um frasco não é suficiente para o tratamento prescrito uma vez que só chegava para 4 dias completos. Explico à mãe da criança que resolve voltar ao hospital. Quando volta sai-se com esta tirada:

- A Sra tinha razão. A médica passou outra receita com mais um frasco. 

Mas havia dúvidas de que eu tinha razão?!

E, como se isto não fosse já suficiente, às 2h da manhã faltou a luz devido a uma avaria que só ficou resolvida depois das 5h da manhã.

25
Mai19

Quando o insólito acontece na farmácia

Charneca em flor

Já se sabe que o meu trabalho é fértil em histórias levadas da breca. Num dia desta semana, a farmácia parecia um clube de striptease. Juro. Aconteceu com 2 senhoras já idosas. 

20190525_070924.jpg

A primeira não era nossa utente habitual. Quando a senhora chegou, e durante o atendimento, achei-a um bocadinho estranha. A dita utente era de estatura baixa e gordinha. Qual não é o meu espanto, quando vejo a saia da utente cair-lhe aos pés . A sorte é que parte de cima era uma túnica senão tinha sido cá um espetáculo .  Ofereci ajuda mas, se calhar, já devia ser habitual acontecer aquilo à saia porque ela apanhou a saia com toda a desenvoltura. A situação foi caricata mas eu consegui não me desatar a rir no atendimento. É uma capacidade que tenho desenvolvido ao longo dos anos, manter-me impávida e serena e só desatar a rir na rectaguarda.

Nem 1 hora depois, atendi um casal. São utentes de há muitos anos. A senhora já apresenta alguma demência e o marido não tem muita paciência. Queriam mostrar as costas da senhora porque ela tinha umas manchas. Levei-os para o gabinete, como é óbvio. Depois de chegarmos à conclusão de qual seria o problema, eu voltei para o balcão e eles vieram atrás. Então não é que a senhora, já no espaço do atendimento, baixou as calças para entalar a camisa? 

A conclusão que se tira é que as minhas utentes estão muito á-vontade com os seus corpos.

07
Mai19

Os meus utentes são mesmo engraçados

Charneca em flor

Ultimamente tenho andado mais atenta aos meus utentes. Ou então, tenho tido mais situações engraçadas.

thinkstockphotos-668171920-e1499947777415.jpg

Temos uma utente bastante idosa. Vamos chamá-la de D. Maria. Acho que já passa dos 90 anos. Não sabe ler mas é inteligentíssima. É impossível tentar iludi-la seja de que forma fôr. Ontem foi à farmácia regularizar um medicamento que tínhamos enviado através de uma vizinha. A D. Maria é de boas contas. Então a esse propósito diz-me o seguinte:

- Sabe, eu não sou como o maltez de bronze. Ganha cinco e gasta onze.

É caso para dizer, rima e devia ser verdade para toda a gente.

Conheciam a expressão?!

Mais sobre mim

foto do autor

Links

Vale a pena espreitar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Blogs de Portugal

Em destaque no SAPO Blogs
pub