Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

12
Jul19

Equal pay

Charneca em flor

A Selecção Americana de Futebol Feminino sagrou-se Campeã no Mundial da modalidade que decorreu em França. Muitas das jogadoras presentes nesta competição denunciaram a desigualdade salarial que há entre os futebolistas  masculinos e as jogadoras femininas. As jogadoras americanas levaram esse grito de  Equal Pay para as ruas de Nova IorqueMas não foi só por isso que estas raparigas chamaram a atenção do resto do mundo. Acapitã Megan Rapinoe recusa-se a ir à Casa Branca e afirma que há outras jogadoras que também não têm interesse em ir até lá. Não fico admirada com esta atitude.  Mas quem é que tem interesse em   visitar aquela figura?

765099586-314659-34ef.jpg

Iam conversar sobre o quê?! Ele nem ver saber o que é futebol ( soccer).

 

 

 

24
Jun19

Já foi há 15 anos

Charneca em flor

Há 15 anos, disputava-se o "nosso" Europeu de Futebol. No dia 24 de Junho de 2004, Portugal jogava os quartos-de-final contra a Inglaterra. Um jogo impróprio para cardíacos. Começamos a perder, empatámos perto do fim dos 90 minutos. Fomos a prolongamento, conseguimos marcar e ficar na frente mas a Inglaterra empatou levando o jogo para as grandes penalidades. A dada altura, o jogo empatado 5-5 e o guarda-redes, da Selecção Portuguesa, Ricardo resolve, num impulso tirar as luvas. Possivelmente, este gesto destabilizou o jogador inglês e Ricardo defende. A seguir, surpreendentemente, o nosso guarda-redes pede para marcar o último penalty. Nunca visto

Foi um momento verdadeiramente épico e inesquecível. Aconteceu há 15 anos e eu lembro-me como se fosse ontem🇵🇹🇵🇹🇵🇹. Obrigada, Ricardo, por estas emoções.

P.S. - Chegámos à final e perdemos com a Grécia. O percurso do autocarro da Selecção até à final foi assim

Nunca mais vivemos outro dia como este.

Infelizmente foi preciso esperar 12 anos para voltar a jogar uma final e, desta vez, com um desfecho diferente.

 

 

 

19
Jun19

A novela João Felix

Charneca em flor

DSC00540.JPG

Wanda Metropolitano, Estádio do Atlético de Madrid 

Há dias que a imprensa portuguesa e espanhola dão como certa a transferência do jovem João Félix para o Atlético de Madrid. Os números envolvidos são impressionantes. A cláusula de rescisão são 120 milhões e o ordenado será de 6 milhões anuais. E também há quem garanta uma comissão de 30% para o empresário Jorge Mendes embora o Benfica já tenha vindo negar. 

transferir (1).jpeg

Não sei o que move o jovem João Félix ou se ele sabe no que se está a meter. Desde que ele começou a brilhar na equipa principal do Benfica que começou a haver demasiado alarido à sua volta. Na fase final da Liga das Nações nem se deu muito por ele. Até é possível que venha a ser um fantástico jogador de futebol mas é ainda muito jovem. Ainda não provou nada. Afinal só jogou 6 meses na equipa principal do Benfica. 

Já não é a primeira vez que jovens promessas do futebol português protagonizam transferências mediáticas. Cristiano Ronaldo saiu do Sporting para o Manchester United com a mesma idade de João Félix mas tinha à sua espera um senhor treinador, Sir Alex Ferguson, que o ajudou a crescer para além da sua própria capacidade de trabalho e ambição. Cristiano Ronaldo foi um caso de sucesso. Do clube da Luz saiu Renato Sanches que não se conseguiu afirmar no Bayern de Munique nos seus primeiros anos tendo jogado noutros clubes, por empréstimo. Este ano esteve em Munique mas jogou poucas vezes já se tendo afirmado desiludido com a situação. Uma realidade muito diferente do "futuro" que se adivinhava quando saiu do Benfica. O mesmo aconteceu com outros jovens como André Silva, do FCP, ou João Mário do SCP.

Os clubes têm uma imensa responsabilidade nestas histórias porque não têm a mínima preocupação com estes miúdos. Só lhes interessam os milhões que podem lucrar com eles. Até desconfio que são os clubes que alimentam o alarido que a comunicação social faz à volta destes craques. Os agentes desportivos, com Jorge Mendes à cabeça, são também culpados destas histórias. Negoceiam jovens futebolistas como se fossem bezerros ou poldros. Não querem saber da vida das pessoas, só dos números. Consta que João Félix foi de férias para Ibiza, com os amigos, a bordo de um jacto emprestado por Jorge Mendes. É impossível que o miúdo não ficasse deslumbrado com aquilo que pode fazer com 6 milhões por ano. 

Veremos se João Félix será um caso de sucesso ou se será um jogador assim-assim. Terá que provar que vale todos aqueles milhões. Será muita pressão a começar pelo balneário. Parece que os jogadores do Atlético de Madrid não estão muito satisfeitos com este reforço. Quem o conhece há mais tempo, acredita que ele saberá lidar com a pressão e que terá na família, um porto de abrigo seguro.

Não concordo com esta saída porque acredito que ainda havia espaço para crescer no Benfica. Desejo sorte a este jovem e oxalá eu esteja errada. Espero que continue a jogar com alegria. 

10
Jun19

O triunfo dos desajeitados

Charneca em flor

Já repararam que os mais recentes heróis de Portugal são ou os mais improváveis ou os mais desajeitados?!

Senão vejamos

5782bf32e0012_GettyImages545913558.jpg

Éder, herói da Final do Euro de 2016 em França, marcando, já durante o prolongamento, o golo que levou a Selecção Portuguesa à primeira vitória em competições internacionais. Ninguém dava nada por ele e afinal...

5efa9c8730bac4a987420dea87da626c.jpg

Salvador Sobral, com o seu ar aluado, desajeitado, fora da caixa, desbocado e até um pouco desleixado na imagem, foi duramente criticado quando venceu o Festival da Canção em Portugal. Os estrangeiros descobriram-no, Caetano Veloso apelou  ao voto nele na Eurovisão de 2017 e ele acabou mesmo por vencer transformando-se no herói que nos deu a primeira vitória na Eurovisão depois de mais de 50 participações. 

ng-1f5932ca-aef3-4a94-97ac-c593ddea180f.jpg

Gonçalo Guedes, um jovem ribatejano, também tem um ar desajeitado, talvez devido à sua altura, e é gozado muitas vezes devido às suas orelhas proeminentes. Ontem calhou ser ele o herói da primeira Final da nova competição Liga das Nações marcando o único golo da partida mas suficiente para nos conduzir à vitória de mais uma competição internacional.

Talvez estes 3 portugueses sejam a imagem daquilo que é ser português. Desajeitados mas talentosos e capazes de surpreender. 

Ainda há esperança para os desajeitados como eu .

27
Mai19

45 anos, 45 dias, 45 factos #2

Charneca em flor

Sou benfiquista desde que nasci. Na minha família de origem, são todos adeptos do SLB. Até o papagaio dos meus tios, que era verde, se chamava Benfica. Já morreu, coitado. 

Actualmente, a minha paixão clubística é motivo de conflito porque o A. não partilha desta preferência, antes pelo contrário. O meu sogro é que era do Benfica. Às tantas esse foi o primeiro motivo para ter havido sempre uma grande empatia entre nós. 

01
Mai19

Fairplay

Charneca em flor

Ontem vi um menino na farmácia vestido com o equipamento do . Meti logo conversa com ele:

- Então tu és do Porto?

Ao que a avó responde: - Ele até é do  mas tem os equipamentos completos do Porto, do Benfica e do Sporting.

Ora este miúdo, jogador de futebol das camadas mais jovens lá da terra, é que sabe o que é o fairplay.

Afinal ele gosta é  de futebol e o resto é conversa.

A propósito, parabéns ao  pela conquista, à 4a tentativa, da Liga dos Campeões em Futsal e parabéns ao  por ter sido o primeiro clube português a conquistar a UEFA Youth League, ou seja, a Liga de Campeões dos jovens sub-19. Muito bem, rapases.

28
Abr19

Com calma, é possível

Charneca em flor

mw-1240.jpeg

Vamos lá com calma. Há por aí muitos benfiquistas em euforia. É verdade que a reconquista está bem encaminhada mas já houve épocas em que o campeonato parecia estar no papo e depois fugiu para outras paragens. Aliás o jogo com o Braga começou muito mal. Talvez a tal euforia de que falava antes não tenha sido benéfica para os jogadores. Eu vou tentar  evitar a euforia. Vamos devagar, jogo a jogo até à vitória final.

 

13
Mar19

O rei voltou

Charneca em flor

cristiano-ronaldo-juventus-atletico-madrid-120319_

O português Cristiano Ronaldo foi, novamente, rei e senhor da Liga dos Campeões. A sua actual equipa, a Juventus, a Vecchia Signora de Itália, estava em desvantagem na eliminatória. Cristiano Ronaldo marcou 3 golos (e mais um anulado) e esse feito foi amplamente festejado pela nossa comunicação social.

Esta reacção pode-se comparar à polémica com a Viagem de Circum Navegação de Fernão de Magalhães. É verdade que foi outro o país que lhe deu as condições económicas que lhe permitiram realizar a viagem mas, afinal, foi em Portugal que ele aprendeu tudo o que sabia. Por isso esse feito histórico é também português.

Tal como aconteceu com Cristiano Ronaldo. Foram outros que lhe deram as condições para brilhar mas foi em Portugal que deu os primeiros chutos na bola. Por isso os seus feitos futebolísticos são comemorados como se fossem de todos os portugueses mesmo daqueles que nem sabem o que é um fora de jogo.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Blogs de Portugal