Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

18
Mar19

Soldi por Mahmood

Charneca em flor

Hoje é segunda-feira logo é dia de vos dar música. Continuo a fazer a  minha selecção de preferências da Eurovisão 2019 que se realizará em Tel Aviv. Desta vez a canção chega de Itália e pertence ao cantautor Mahmood. O jovem cantor nasceu em Milão, filho de um egípcio e de uma italiana. A canção é autobiográfica já que aborda o seu crescimento sem a figura paterna, que desapareceu quando ele era criança, e todo o sofrimento que daí resultou. Para mim, ser cantada em italiano já é meio caminho andado para entrar no rol das minhas favoritas. Nas apostas, ao dia de hoje, esta música está em 5o lugar.

As outras músicas preferidas estão em 25o lugar no caso da Austrália e em 20o no caso da Espanha o que pode querer dizer que eu não percebo nada disto .

 

 

12
Dez18

Presépio escondido

Charneca em flor

Este presépio tem uma história muito engraçada. Era a última noite da viagem de fim de ano de 2017. O hotel era nos arredores de Bérgamo, na Itália, mais precisamente em Medolago. Era uma terra pequena. Já eram horas de jantar então procurámos restaurantes no google que ficassem perto. Foi assim que decidimos ir até ao centro da aldeia. Quando estávamos quase a chegar, começamos a ouvir o som de um sino  mas era um som diferente do habitual. Seguimos o som e encontrámos uma igreja encantadora. Felizmente ainda estava aberta e foi possível vê-la por dentro. Ao longo da parede descobrimos vários quadros, muito pequenos, com inúmeros presépios com peças muito pequeninas. Infelizmente nem todas as fotas ficaram boas mas nesta imagem já podemos encontrar um presépio muito especial.

DSC08823.JPG

Depois de passarmos pela igreja resolvemos procurar o restaurante sugerido pelo Google. O que é curioso é que o tal restaurante não nos pareceu muito apelativo e decidimos voltar para trás e jantar na pizzaria em frente ao hotel (!). Até parece que a caminhada que fizemos só serviu para encontrarmos aquela encantadora igreja.

 

02
Dez18

Natal nas margens do Lago Como

Charneca em flor

DSC08625.JPG

Como, 28 de Dezembro de 2017

Depois de ontem ter partilhado um presépio tradicional de uma das minhas viagens mais antigas, hoje partilho um original presépio de umas das minhas viagens mais recentes. Também o vi numa montra, uma montra de uma padaria italiana que encontrei na cidade de Como. Esta cidade dá o nome a um dos mais belos e românticos lagos italianos, o Lago di Como.

 

09
Abr18

Non mi avete fatto niente, Ermal Neta e Fabrizio Moro

Charneca em flor

 

Esta 2a feira voltou a partilhar algumas das músicas que vão estar presentes em Lisboa no Festival da Eurovisão. Como não podia deixar de ser, a música italiana Non Mi Avete Fatto Niente interpretada por Ermal Meta e Fabrizio Moro. Tal como a música francesa, a letra tem a ver com a guerra, os refugiados e o terrorismo.

 

05
Jan18

Julieta

Charneca em flor

Não vos queria maçar muito com histórias da minha viagem mas há uma que não posso deixar de partilhar. A nossa road trip abrangeu 3 tipos de paisagem: cidade, montanha coberta de neve e lagos. Embora tivessemos um plano mais ou menos alinhavado há sempre situações que saem fora do plano. Ir a Verona foi uma surpresa do A. que já conhecia e fez questão de me levar lá já que estavámos perto. 

DSC08779.JPG

Coliseu de Verona, 30 de Dezembro de 2017

 

Era sábado à tarde de um fim-de-semana prolongado (o dia 1 também é feriado em Itália) mas não estavamos preparados para a multidão que encontrámos. Nunca mais me queixo dos turistas que andam por Lisboa. E essa multidão dirigia-se para um lugar, apenas. O destino era a Casa da Julieta (reza a história que os trágicos amores entre Romeu e Julieta se passaram em Verona) em cujo pátio existe uma estátua da jovem. O A. insistiu que eu tinha que ir tocar na estátua e tirar uma foto porque era tradição. Parece que dá sorte ao amor e ninguém quer correr o risco de não ter sorte ao amor. O cenário é este

DSC08797.JPG

Casa da Julieta, Verona, 30 de Dezembro de 2017

Para além da apalpadela também há quem deixe mensagens como se pode ver na parede ao lado da estátua.

O meu lado romântico até acha graça mas o meu lado pragmático acha isto uma palhaçada. Primeiro que tudo, ninguém sabe se a Julieta existiu mesmo. Depois, a ter existido, pode nem ter morado naquela casa. E, por fim, aquelas mensagens são efémeras, só duram até aos próximos pingos de chuva já que estão ao ar livre.

Seja como for, o lado romântico prevaleceu porque eu também tirei a foto da praxe (não, eu não sou a menina da foto) mas fiquei com pena da pobre Julieta. Não basta a tragédia de um amor proibido e de ter morrido por amor, agora é apalpada a toda a hora por todo e qualquer turista que passe por Verona. Há pessoas com muito pouca sorte.

 

02
Jan18

A "minha" Itália

Charneca em flor

Os últimos dias de 2017 levaram numa road trip através de Itália e Suiça. Foi uma viagem encantadora, gelada, assustadora e deliciosa.

Encantadora porque vi paisagens lindíssimas e exemplos maravilhosos de arquitectura. Esta época ainda natalícia proporciona imagens inesquecíveis nas ruas das cidades com as luzes cintilantes e as montras ainda mais fantásticas do que nas outras alturas do ano.

Gelada porque apanhei muitas horas de temperaturas negativas chegando a sentir temperaturas de - 17°C... a meio do dia.

Assustadora porque a neve é uma coisa muito bonita quando se vê nos telhados das casas, nos ramos das árvores ou nas encostas. Na estrada é mais assustadora do que bela.

Deliciosa porque me fartei de comer pizzas e cornettis.

Esta viagem consolidou o meu enamoramento com a Itália. Gosto muito de Portugal e de ser portuguesa mas, se um dia tivesse que escolher outro país para viver, a Itália estaria no primeiro lugar da lista.

Ora vejam lá se não tenho razão:

DSC08455.JPG

Pormenor da porta da Duomo di Milano

DSC08566.JPG

Passear enquanto neva, jardim junto ao Lago de Lugano, Suiça

DSC08612.JPG

Lago Como

DSC08668.JPG

Valdidentro

DSC08702.JPG

Lago gelado, St. Moritz 

 

DSC08859.JPG

Interior da Basilica di Santa Maria Maggiore, Bérgamo

 

DSC08625.JPG

Pormenor de decoração de montra de uma panetteria, Como

 

 

 

 

 

16
Jan17

Pela Baviera, Alpes e Tirol (I)

Charneca em flor

DSC07166.JPG

 Innsbrück

Nestes últimos dias têm chegado imagens de grandes nevões por essa Europa fora. As minhas viagens de inverno costumam ser em busca de paisagens de neve e foi o que tentámos fazer na viagem de fim de ano. No entanto não encontrámos grande quantidade de neve mas mesmo assim foi uma viagem bem divertida. Ainda não tinha tido grande oportunidade de falar aqui sobre ela mas de hoje não passa. Foi uma viagem rica em peripécias. Começou logo no aeroporto de Lisboa quando a segurança me pediu para me testar para ver se eu tinha tido contacto com explosivos (!). Dá para acreditar? De seguida, o avião levou imenso tempo a partir porque um idoso com alzheimer fugiu do nosso avião. Perguntou outra vez, dá para acreditar?! A viagem decorreu em 3 países (Alemanha, Aústria e Itália) para conhecer uma parte dos Alpes que ainda desconheciamos. Na Aústria e na Itália ainda encontrámos muitos mercados de Natal. Encantadores. Fiquei muito desiludida porque o Mercado de Munique termina antes do Natal. Perto de um dos mercados de Natal, Bolzano (Itála) aconteceu outra peripécia. A polícia fez-nos parar para mostrar a identificação e o conteúdo da mochila. E logo nesse dia tinhamos uma bolsa com todos os cabos do nosso material electrónico (telemóveis, tablet, máquinas...).

DSC07243.JPG

 A comprar lembranças no Mercado de Natal de Bolzano

 

Mas estou a andar depressa demais. O primeiro lugar que visitámos foi Schwangau onde existem alguns belos castelos. Toda a cidade é encantadora. O caminho de Munique até lá é muito bonito já que parte do percurso se faz pelo campo.

DSC07041.JPG

Olhando o Alpsee, um dos lagos de Schwangau

 

Também houve tempo de passear algumas horas por Salzburgo, terra natal de Mozart. Salzburgo é relativamente perto de Munique mas já na Austria. Uma cidade bonita mas que merecia uma visita mais demorada.

DSC07128.JPG

 Ponte em Salzburgo

 

De Salzburgo fomos até Innsbruck, outra cidade austriaca. O centro histórico era muito animado e espectacular. As fachadas tinham engraçados bonecos como esta Branca de Neve e companhia, por exemplo

DSC07181.JPG

Nesta noite pernoitámos numa típica aldeia austriaca tal e qual como eu imaginava que fosse. Adorei as casas típicas

DSC07201.JPG

 Hotel em Reith bei Seefeld

 

DSC07210.JPG

Reith bei Seefeld

No dia seguinte encontrámos neve, finalmente, em Seefeld in Tirol.

DSC07236.JPG

 Ali existe uma estância de ski mas a maioria da neve era artificial. 

Bom, é excelente recordar os momentos ociosos para começar bem a semana mas o resto da viagem tem que ficar para outro dia. O post vai longo e o tempo está a ficar muito curto.

Para uma reportagem fotográfica mais completa é só ir até aqui

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Blogs de Portugal