Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

16
Nov19

Semanário da Gratidão

Charneca em flor

Tenho falhado muito no que diz respeito ao Diário da Gratidão. Às tantas ainda passa a ser um semanário e não um diário. 

Ora esta semana senti-me grata porque o trabalho correu melhor, tive uma folga, consegui ir visitar a minha afilhada e hoje esteve um bonito dia de sol permitindo que apanhássemos as azeitonas. E este fim-de-semana, para além do meu mais que tudo, tenho a companhia da minha mãe. Podem ser coisas insignificantes mas são os pequenos acontecimentos que dão sentido à vida.

15
Nov19

O blogue está quase às moscas

Charneca em flor

Este blogue tem andado muito abandonado. A minha cabeça tem andado ocupada com a escrita devido ao Desafio de escrita dos Pássaros.

menina-com-relogio-colegio-1512015.jpg

Como se não fosse já suficiente para preencher os poucos tempos livres, ainda me inscrevi num curso online de escrita criativa. Uma das primeiras actividades propostas foi logo um texto de 2000 palavras. Lancei-me numa história que vive há muito dentro de mim baseada numa história verídica e ainda não consegui acabar. Acontece que já foi publicado o vídeo da 2a lição e eu ainda nem terminei a primeira tarefa. 

Os fins de semana também têm sido muito preenchidos. Por exemplo, no sábado passado fui passear a Caldas da Rainha que é sempre uma cidade surpreendente. 

Aproveito também para partilhar convosco o meu último vício, ouvir podcasts. É muito prático porque se pode ouvir enquanto se executam outras tarefas como, por exemplo, escrever, fazer o almoço ou lavar a louça. 

No meu trabalho, a adaptação ao novo programa informático já está a entrar nos eixos.

E é assim o resumo dos meus dias. 

24
Set19

Inventei uma nova forma de fast food

Charneca em flor

A minha vida é fértil em peripécias, muitas delas devido à minha eterna distracção. Na passada semana, aconteceu-me uma coisa verdadeiramente hilariante. O meu carro estive quase 2 semanas na oficina. Ficou pronto na 5a feira e combinei ir buscá-lo na hora de almoço do dia seguinte. Como sempre, quando eu tenho pressa, aparece sempre um utente complicado para atender perto da hora de sair. Assim saí a correr para ir a casa almoçar, deixar o carro com que tinha andado nos últimos dias e ir até à oficina.

mulher-comendo-hamburguer.jpg

Para me despachar achei que era boa ideia ir ao Drive de uma conhecida marca de fast food. Chego ao estabelecimento, paro no primeiro ponto e faço o pedido. Sigo para a próxima janela e efectuo o pagamento. E, a seguir... arranco com o carro. 

Repararam?! Não parei na janela para levantar a comida . Mais rápido, impossível. Era uma food tão fast que eu nem a ia comer .

Moral da história: estava tão preocupada em despachar-me que, com esta distracção, acabei por demorar mais porque tive que voltar para trás para ir buscar a comidinha. Lá diz o povo, as pressas dão em vagares.

 

21
Set19

Super Diário da Gratidão #262

Charneca em flor

Hoje, dia 21 de Setembro, assinala-se o Dia Mundial da Gratidão. No início deste ano de 2019, aceitei o desafio que a Maria das Palavras lançou à Sapoesfera e tentei fazer um diário da gratidão aqui no blogue. No início comecei muito bem mas a voracidade dos dias fez com que fosse falham algumas vezes. Por exemplo, durante as férias esqueci-me completamente do diário. Assim no início de Setembro fiz um resumo das coisas que me aconteceram durante o mês de Agosto e que me inspiraram o sentimento da gratidão.

depositphotos_55095089-stock-photo-woman-hands-hol

 

A vida nem sempre foi boa para mim. Em criança passei por algumas dificuldades económicas porque o meu pai chegou a ter ordenados em atraso durante uns bons meses. Mesmo nessa altura, podia não ter tudo o que queria mas sempre me senti grata por aquilo que tinha. Aprendi a dar valor às coisas. 

Tudo o que me aconteceu mais tarde, na adolescência e no início da vida adulta, podia-me ter tornado numa pessoa a amarga mas consegui sempre ver o lado positivo mesmo nos momentos mais negros. E, hoje, sinto-me grata por todas as lágrimas que chorei porque me fortificaram e fizeram de mim a mulher que sou hoje.

Senão vejamos:

  1. perdi o meu pai aos 14 anos
  2. prescendi de muitas coisas materiais para poder estudar
  3. vivi uma relação obsessiva que me levou a uma casamento infeliz mas a um divórcio feliz, perdi muito dinheiro com essa relação porque tomei opções erradas
  4. Não consegui realizar o meu projecto de maternidade

Mas por outro lado:

  1. Consegui entrar para a faculdade na minha primeira opção 
  2. A minha mãe foi uma super-mulher e fez muitos sacrifícios para eu continuar a estudar
  3. Comecei logo a trabalhar assim que acabei o estágio num emprego que me realiza e onde continuo até hoje, 20 anos depois.
  4. Ainda posso contar com a ajuda da mãe que continua com saúde e muito activa
  5. Cerca de 1 ano depois do meu divórcio, conheci o A. e já estamos juntos há mais tempo do que eu estive casada. A nossa vida não será perfeita porque isso não existe mas nunca é rotineira.
  6. Fiz muito mais viagens do que alguma vez imaginei e estive em lugares onde nunca pensei que poderia estar, nem nos meus sonhos mais loucos
  7. Continuo a gostar de me levantar, todas as manhãs, para ir trabalhar.
  8. Ganho o suficiente para ter uma vida confortável sem grandes luxos.

Ou seja, se fizermos o balanço, há muitos mais  motivos para me sentir grata pela vida que tenho do que para me sentir insatisfeita.

Tu, que me estás a ler, por mais problemas que tenhas, olha para a vida com os olhos da gratidão. Haverá sempre motivos para te sentires grato pela vida que tens.

05
Jul19

45 anos, 45 dias, 45 factos #45

Charneca em flor

Nasci há 45 anos e isso é o facto principal da minha vida .

IMG_20180708_091157.jpg

Alto Douro, perto da foz do Rio Tua

Passeio de Aniversário, 8 de Julho de 2018

A minha vida não é perfeita, não corresponde às expectativas que tinham aos 20 anos mas, com altos e baixos, posso afirmar que sou feliz. A verdadeira felicidade está dentro de nós e isso também é um facto.

Parabéns para mim.

P.S. - Hoje chega ao fim, este desafio que fiz a mim própria. Obrigada por me terem acompanhado nesta reflexão que fui fazendo ao longo destes 45 dias.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Blogs de Portugal