Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

O Voo da Garça

Sonhos, desejos, opiniões, instantes da vida diária...

24
Jan16

Marcelo sucede a Cavaco

Charneca em flor

imagem daqui

Faltava 25 minutos para as urnas encerrarem quando eu exerci o meu dever de não engrossar a abstenção. Até ao último momento é possível, basta que as pessoas tenham vontade. Mais uma vez a vencedora foi a abstenção. 51,22% dos eleitores optaram por não ir votar. Obviamente que haverá uma margem de erro devido à desatualização dos cadernos eleitorais mas mesmo assim há uma imensa maioria (4.912.461 dos eleitores) que não liga às eleições ou então deixaram de considerar que o seu voto conta. Os políticos não têm sabido atrair as pessoas, antes pelo contrário. Mesmo os candidatos desalinhados com os partidos não conseguiram mobilizar as massas.

Marcelo Rebelo de Sousa foi a escolha de 52,11% daqueles que se deslocaram às secções de voto. O seu dircurso de vitória foi no átrio da Faculdade de Direito onde era, até agora, professor. Fez-se esperar e teve uma entrada apoteótica rodeado de seguranças. Ao contrário do que é hábito, o discurso não foi improvisado. Estava com um ar mais solene, já institucional. Aproveitou para falar de consensos, da necessidade de estabilidade e dos tempos difíceis que se avizinham.

O PS foi um dos derrotados da noite como seria de esperar ao haver 2 candidatos ligados ao PS mas sem serem claramente apoiados pelo partido. Mesmo assim, o resultado de Sampaio da Nóvoa até nem foi mau tendo em conta que há poucos meses era quase um desconhecido. Maria de Belém teve, também, um péssimo resultado. Outro grande derrotado foi o PCP já que o seu candidato só atingiu 3,91% da votação. O PCP tem que repensar as suas acções, talvez refrescar a imagem. Quem sabe arranjar uns candidatos mais jovens, por exemplo. O que leva a outro vencedor nesta noite, o Bloco de Esquerda. Marisa Matias conseguiu 10,12% dos votos ficando à frente de Maria de Belém. Tal deve-se, na minha opinião, à sua imagem fresca, à sua mensagem, à sua reconhecida competência política. A direcção do BE tem sido inteligente nas escolhas que faz e na maneira como se apresenta ao eleitorado. 

Outro dado a reter, e que devia fazer pensar os políticos, é o facto de Vitorino Silva, o Tino de Rans, ter sido escolhido por quase 150 mil pessoas. Há distritos em que ficou à frente de Edgar Silva e mesmo de Maria de Belém. Um candidato que foi muitas vezes ridicularizado e que até participou, no passado, num reality show. Mais uma prova de que os portugueses estão desiludidos com os políticos habituais.

 

P.S. - Uma das melhores frases da noite: "Marcelo quer ser o Presidente Betadine" por André Macedo na Hora Seguinte da RTP

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Blogs de Portugal